Checklist: descubra o que não pode faltar em uma loja virtual de sucesso?

Tempo de leitura: 6 minutos

Geralmente, quem deseja montar uma loja virtual quer transformá-la em um e-commerce de sucesso, não é mesmo? Acontece que muita gente acaba errando até mesmo nas ações mais simples e depois fica sem entender por que não conseguiu os resultados esperados.

Há também quem acabe deixando de lado algumas características importantes para uma loja virtual conseguir e manter clientes, perdendo vendas e deixando de lucrar. Para que você não tenha esse problema, confira o checklist que preparamos com dicas essenciais para aplicar no seu e-commerce!

1. Navegação agradável

A experiência de navegação do usuário é um dos fatores que mais devem ser levados em consideração em um e-commerce. Isso porque a vantagem de realizar compras online é justamente a comodidade e a facilidade que as lojas virtuais proporcionam.

Isso significa que, para aumentar a taxa de conversão do seu site e fazer com que uma visita de fato se torne uma compra, é preciso investir nesse quesito. Para isso, você deve tomar algumas atitudes, como disponibilizar boas imagens dos produtos, colocar descrições com informações que sejam relevantes, além de tentar ao máximo deixar o site leve, impedindo erros e travamentos durante a compra.

2. Variedade de pagamentos

Existem muitos motivos que podem levar ao abandono de carrinho, um deles é quando o cliente não encontra o método de pagamento que ele procura. Este fator pode causar a perda de muitas vendas, por isso é tão importante disponibilizar várias opções.

Além do cartão de débito e crédito, se possível disponibilize o pagamento via boleto e transferência bancária. É possível aperfeiçoar as formas de pagamento do seu site por meio de um intermediador de pagamento, como PagSeguro, por exemplo.

Uma dica que não está relacionada à forma de pagamento, mas pode ser importante é: caso haja a possibilidade de parcelamento, deixe a informação em um local estratégico em que o cliente possa visualizar facilmente. Este pode ser um atrativo para que ele finalize a compra.

3. Segurança

Quando se trata de realizar as compras online, algumas pessoas ainda têm receio de algo dar errado, como o vazamento de dados pessoais ou mesmo o não recebimento do produto. Por isso, para ter um e-commerce de sucesso é preciso garantir ao consumidor que seu site é de confiança.

Como? Basta você fornecer selos de segurança – como o E-bit – e colocá-los em locais bem posicionados para que os clientes vejam e se sintam mais seguros e dispostos a finalizar a compra.

4. Atendimento eficiente

Atender um cliente vai além de tirar dúvidas e tratar as reclamações, é preciso também acompanhar todo o processo até que ele esteja satisfeito. Sendo assim, é necessário investir em múltiplos canais e fazer com que todos funcionem de forma eficiente, respondendo às solicitações rapidamente.

Uma forma de aprimorar o atendimento é proporcionar outros meios de atendimento além do tradicional e-mail e telefone. As redes sociais têm sido uma ótima forma de fidelizar clientes, e por meio delas é possível perceber como ele se sente em relação à marca, além de ajudar a estabelecer o contato com seu público-alvo e conhecê-lo melhor.

Mas é interessante disponibilizar uma equipe responsável pelo gerenciamento desses canais, evitando respostas prontas. Responder cada cliente de forma personalizada faz com que ele se sinta especial e a probabilidade de que ele volte a acessar sua loja aumenta bastante. O atendimento online também pode ser uma excelente opção.

5. Análise de métricas e indicadores

Analisar o desempenho do seu e-commerce não influencia diretamente na compra do cliente, mas é extremamente importante para que você possa aperfeiçoar suas técnicas de venda. Ao usar o Google Analytics, por exemplo, é possível verificar a quantidade de acessos e a taxa de conversão de sua loja.

Sites que tem um grande número de acessos mas realizam poucas vendas podem estar atraindo o público-alvo errado, dificuldades de navegação ou outro problema que faça com que o cliente desista da compra. Descobrir e entender este fato te ajuda a identificar e consertar os erros.

6. Avaliação do produto

Os consumidores estão cada vez mais exigentes quando se trata de adquirir serviços e produtos. Com isso, surgiu a necessidade de comprovar que os itens da sua loja são de qualidade. Uma das formas de fazer isso, é habilitar a opção para que os próprios clientes coloquem “reviews” – opiniões sobre os produtos.

Alguns sites chegam a enviar para o e-mail algumas perguntas sobre os produtos que eles compraram e as respostas são postadas imediatamente no campo das avaliações. Esse fator mostra que as empresas já perceberam o quanto uma boa avaliação é importante para a loja virtual.

7. Estratégias de marketing eficientes

O marketing é extremamente importante para o e-commerce, mas para trazer resultados realmente satisfatórios, ele precisa integrar diversos canais. Como já foi mencionado, conectar as redes sociais ao site pode criar um canal de comunicação extra, além de conseguir fidelizar mais clientes.

Outra dica é inserir um campo em que eles possam assinar a newsletter para receber novidades e promoções, além de conceder também cupons de desconto para mantê-los sempre interessados em verificar os e-mails e o site.

8. Layout responsivo

A quantidade de pessoas que realizam suas compras online aumenta cada vez mais. De acordo com o relatório WebShoppers da E-bit – empresa especializada em comércio eletrônico no Brasil –, no primeiro semestre de 2016 as vendas aumentaram em 5,2%, em comparação com o mesmo período do ano passado. Um dos motivos para que isso tenha acontecido é o aumento do uso dos smartphones e tablets para realizar as compras.

Sendo assim, é de extrema importância que você disponibilize um layout responsivo, que consiga se adaptar em telas de diferentes tamanhos e formatos, sem prejudicar a navegação. Empresas que investem nesse tipo de estratégia costumam perceber rapidamente os resultados.

9. A relação entre a escolha da plataforma e um e-commerce de sucesso

Além de tudo o que foi citado, escolher uma boa plataforma está entre as ações mais importantes para um e-commerce. Isso porque é ela que vai proporcionar a personalização necessária, com ferramentas que ajudem a deixar sua loja da forma que você deseja e que os clientes gostem.

Ela precisa disponibilizar uma grande diversidade de opções, ao mesmo tempo em que deve oferecer facilidade para que você consiga gerenciar todo o sistema facilmente.

Caso você não possua muita experiência com a configuração de lojas virtuais, optar por uma plataforma facilmente configurável pode evitar muitos problemas e te ajudar a ter um e-commerce de sucesso.

Achou as informações úteis? Então compartilhe-as com seus amigos em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *