Como montar loja virtual de Pet Shop? Descubra!

Tempo de leitura: 5 minutos

Sem dúvidas, o mercado pet é um dos setores mais promissores da atualidade. De acordo com dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústrias de Produtos para Animais de Estimação), apenas em 2015, o faturamento no mercado pet nacional chegou a R$ 18 bilhões. Os maiores investimentos foram feitos em alimentação e cuidados.

Embora o mercado apresente um grande crescimento, apenas uma pequena parcela das empresas estão presentes em lojas virtuais, o que representa uma enorme oportunidade para quem deseja abrir um novo negócio ou até mesmo ter uma versão online do seu pet shop físico.

Mas, afinal, como montar loja virtual de Pet Shop? Continue a leitura e descubra!

1. Defina o seu negócio

Infelizmente, muitas pessoas lançam suas lojas virtuais sem nenhum tipo de pesquisa ou planejamento e, por isso, acabam encontrando grandes dificuldades logo no início de seus negócios. Portanto, é fundamental pensar bem antes de dar os primeiros passos.

Antes de mais nada, é preciso definir o seu negócio, quais produtos você pretende oferecer, qual é o público que deseja atingir, seus fornecedores, sua logística e suas ações futuras. Todas essas informações devem ser minuciosamente analisadas e colocadas no papel, em um documento que chamamos de Plano de Negócios.

O plano de negócios ajudará a definir os recursos necessários para o bom funcionamento da sua empresa, assim como poderá prever surpresas desagradáveis e evitá-las. Em outras palavras, ter um bom plano de negócios trará mais segurança nos momentos de tomada de decisão da sua empresa.

2. Crie um diferencial para sua loja virtual de Pet Shop

Depois de definir o seu plano de negócios, é preciso traçar um diferencial competitivo para o seu pet shop virtual. Esse é o momento de ser criativo e buscar algo que a concorrência ainda não esteja oferecendo.

Inove no atendimento, na comunicação e na maneira de expor os seus produtos. Busque atender a novos nichos do mercado e compreender as necessidades dos seus clientes. Inovar é mais simples do que você pensa.

3. Use as redes sociais

As redes sociais são grandes aliadas das lojas virtuais e podem ajudar bastante nas vendas. Crie uma página para o seu pet shop virtual no Facebook. Tenha em mente quem são as pessoas que você deseja atingir e disponibilize conteúdo relevante para o seu público.

Além de conteúdo, você também poderá criar anúncios pagos no facebook. Eles podem ser voltados a públicos específicos, como pessoas que amam gatos, que têm cães ou que criam animais silvestres. Essa é uma ótima maneira de divulgar o seu negócio, pois a comunicação é segmentada e fala diretamente com o seu público de interesse.

Além disso, o Facebook também pode ser um canal de atendimento prático e eficiente. Por meio de mensagens e comentários, é possível esclarecer dúvidas sobre produtos, valores e prazos. Por isso, é importante que você estabeleça um horário para acessar a página diariamente e responder aos questionamentos dos seus clientes. Nunca os deixe falando sozinhos!

4. Valorize todos os seus consumidores

Esta é uma das visões de negócio mais simples e inteligentes que existe: valorize todos os seus clientes, sem exceções. Não importa se o consumidor comprou R$ 20,00 ou R$ 2.000,00 em produtos, ele merece ser tratado da melhor maneira possível.

Muitas vezes, o consumidor que tem um ticket médio mais baixo é o mais fiel à marca, sempre volta a comprar na sua loja online e costuma indicá-la aos seus amigos. Portanto, ter o máximo de respeito por todos os clientes é fundamental.

O poder de compra das classes C e D tem crescido consideravelmente, o que é uma grande oportunidade para novos negócios. Portanto, acompanhe a média de pedidos e observe o perfil do seu público. Se necessário, adapte os seus preços e produtos de maneira que o seu pet shop virtual tenha opções para todos os bolsos e gostos.

5. Seja organizado e cumpra com seus compromissos

A falta de organização de uma loja online pode frustrar até mesmo o cliente mais paciente. Imagine, por exemplo, um cliente que tem urgência em aplicar um antipulgas no seu pet, mas não o recebe no prazo estipulado pela sua empresa. Ele ficará insatisfeito e, provavelmente, não voltará a comprar na loja.

Atraso na entrega de produtos e itens que aparecem na vitrine da loja sem estar em estoque são erros comuns, mas que devem ser evitados. Afinal, ninguém quer nem pode se dar ao luxo de perder um cliente.

Por isso, é muito importante que você mantenha todos os setores da sua loja virtual atualizados e organizados. Controle o seu estoque com precisão e mantenha a boa imagem da sua empresa. Trabalhe com um prazo de entregas seguro e organize-se para que todas as entregas aos correios ou à transportadora sejam feitas em tempo hábil.

Mesmo com todos os cuidados, alguns imprevistos ainda podem acontecer, como extravio de mercadorias ou produtos que apresentam defeitos. Nesses casos, manter o diálogo com os seus consumidores é muito importante. Seja transparente e eficiente no momento de atender o seu consumidor e busque solucionar o problema da melhor maneira possível.

6. Fidelize o seu cliente

Depois de conquistar os primeiros clientes e iniciar as vendas, é muito importante que você saiba usar todos os dados que foram coletados da maneira correta. Invista em ações de CRM (Customer Relationship Management), que visam criar um relacionamento com o cliente e fidelizá-lo, por meio de atendimento e ações de comunicação personalizadas.

Organize as informações de acordo com o perfil e preferências de compra de cada cliente e encaminhe e-mails personalizados com conteúdo relevante, novidades e cupons de desconto. Assim, você estimula o cliente a voltar e lembrar da sua loja sempre que for preciso adquirir algum produto para o seu pet.

Agora que você já sabe como começar a montar loja virtual de pet shop, é hora de colocar a mão na massa e iniciar o seu novo negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *