Vendas online e Google Adwords: entenda essa importante relação para sua loja virtual

Tempo de leitura: 6 minutos

Hoje em dia, relacionar vendas online e Google Adwords é algo tão natural quanto associar um computador ao seu sistema operacional: você pode até tentar vender pela internet sem Adwords ou ligar uma CPU sem que haja um sistema instalado, porém é certo que não usufruirá de uma experiência completa.

Há muito tempo o Google Adwords deixou de ser visto como uma ferramenta complementar e inviável para micro e pequenos negócios. Atualmente são mais de 12 milhões de empresas — segundo a Wishpound — publicando bilhões de anúncios diariamente, gerando aumento nas vendas e contribuindo para o crescimento da maior receita do Google (que alcançou incríveis 51,81 bilhões de dólares em 2015).

A essa altura você deve estar se perguntando como sua empresa pode fazer parte dessa grande rede de parcerias, certo? Neste artigo, você aprenderá mais do que isso: trouxemos os conceitos do Adwords, assim como informações sobre seu funcionamento e requisitos para iniciar investimentos na plataforma. Confira!

O que é Google Adwords?

Como você já pôde entender em nossa introdução, o Google Adwords é um serviço de publicidade voltado para toda e qualquer empresa que deseja anunciar nos canais da empresa — como Google Search, aplicativos e sites parceiros.

O Google Adwords se destaca por ser bastante democrático com seus anunciantes, pois não importa o porte, o orçamento ou o tempo de mercado de uma empresa, sendo ela uma pequena lanchonete ou uma grande rede de fast food, é certo que ela será capaz de ter seus anúncios impressos nos resultados de busca do Google e parceiros.

Por que escolher o Google?

Todos os principais mecanismos de busca possuem seus serviços de publicidade que não devem ser ignorados. No entanto, como o seu negócio ainda está buscando preencher os primeiros espaços em vendas online, o Google se configura como a melhor alternativa para dar o pontapé inicial.

Afinal, estamos falando de um serviço de buscas que, em 2015, gerou uma média mensal de 3 bilhões de pesquisas por parte dos usuários, sendo a principal referência do público quando o assunto é pesquisar na web.

E tem mais: o Google oferece gratuitamente algumas ferramentas complementares que fazem toda a diferença no planejamento e na análise de suas campanhas.

O Google Keyword Planner é usado para pesquisar e identificar as melhores palavras-chave para os anúncios e o Google Analytics fornece relatórios detalhados sobre o seu site, permitindo analisar o que vem dando certo nas estratégias dos anúncios.

Como funciona o Google Adwords?

O início é muito simples: basta criar uma conta no Google, vinculá-la ao Adwords e preencher um formulário básico. A partir daí será possível criar as primeiras campanhas e os grupos de anúncios. Vale lembrar que, para ativar a sua primeira campanha, é necessário investir no mínimo 50 reais.

Esse valor será o seu orçamento para arcar com os custos dos anúncios, que podem ser calculados por clique (CPC – custo por clique) ou impressão (CPM – custo por mil impressões). Ou seja: você estipulará um valor a ser pago por cada clique que um usuário der no anúncio ou por cada mil vezes que ele for impresso na Rede de Pesquisa ou na Rede de Display.

Rede de Pesquisa e Rede de Display: o que são?

As redes de Pesquisa e Display propõem diferentes modelos e canais de anúncios para suas campanhas. Dependendo do segmento de seu negócio — caso seja uma loja virtual, por exemplo — é fundamental o investimento em ambas as redes. Mas como elas funcionam, afinal?

A Rede de Pesquisa permite a publicação de anúncios que preencherão alguns espaços reservados na página de resultados do Google. Os anúncios são produzidos em formato de texto e ativados conforme a correspondência da palavra-chave digitada pelo usuário.

A Rede de Display é bem diferente. Para que você entenda rapidamente do que se trata, experimente acessar um grande portal de notícias (de sua preferência) e repare nos banners que serão carregados nas páginas. Viu? É disso que estamos falando: publicar anúncios em formatos de imagem, que serão exibidos nos sites parceiros do Google.

Portanto, é de suma importância considerar trabalhar com as duas redes — principalmente para vendas online.

Dessa forma, sua empresa vai gerar muito mais oportunidades de negócio, atraindo novos prospects que receberão os anúncios por meio das pesquisas e, também, aqueles que navegam pelos sites despretensiosamente e podem se interessar por algum produto ao visualizar a oferta.

Quais são os critérios para um anúncio ser exibido?

Lembra-se de quando falamos que o Google Adwords é um serviço bastante democrático? Essa afirmação se dá pelos critérios aplicados para determinar quais anúncios preencherão os espaços disponíveis.

Como a experiência do usuário é a maior preocupação do Google, todos os anúncios pertinentes aos termos pesquisados e à navegação passam por um leilão para definir quais são os mais qualificados, por meio de uma nota final chamada AdRank.

Esse processo acontece a todo instante, sempre que ocorre uma pesquisa no Google ou um site parceiro é acessado.

Basicamente, os critérios considerados em cada leilão são a qualidade do anúncio e o preço que o anunciante se dispõe a pagar. Ou seja: não adianta propor um alto valor para cada anúncio e não se preocupar com a qualidade dele, visto que o AdRank será baixo e o anúncio, portanto, será reprovado.

Alguns fatores de qualidade considerados são:

  • Coerência entre anúncio e conteúdo da página;
  • Melhor utilização de palavras-chave;
  • Relevância do anúncio;
  • Informações contidas na descrição.

Quanto melhor a qualidade do seu anúncio, maiores serão as chances de conquistar os melhores espaços de uma página e, ainda, pagar menos. Isso vai gerar uma taxa de conversão muito maior e, consequentemente, mais eficiência com as vendas online.

Por fim, para conseguir uma ótima nota de AdRank, invista na qualidade e faça um bom estudo dos valores antes de dar o seu lance.

Conclusão: o Google Adwords é essencial para as vendas online!

A internet vem revolucionando os modos como empresas conquistam suas vendas e clientes realizam suas compras. Isso acaba gerando mudanças na maneira de se investir no marketing.

Enquanto os métodos tradicionais permitem anunciar em lugares com maior movimento de pessoas que se enquadram como público-alvo, os anúncios do Google Adwords colocam sua empresa onde a maioria dos seus clientes se concentra, mas com um grande diferencial para as vendas online: a possibilidade de segmentar campanhas e alterá-las conforme a necessidade.

Agora queremos saber: seu negócio já está preparado para iniciar os investimentos no Google Adwords e alavancar as vendas online? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *