Vai vender online? Aprenda como otimizar a descrição dos produtos e atrair mais clientes

Tempo de leitura: 6 minutos

Com a mudança dos hábitos dos consumidores, que estão cada vez mais acostumados a contar com a internet na escolha do produto ou serviço que vão comprar, vender online se tornou um negócio lucrativo e uma necessidade mesmo para lojas tradicionalmente físicas. É preciso estar onde o consumidor está. E ele está conectado.

Segundo a pesquisa Total Retail, realizada em 2016 pela PwC, cerca de 38% dos brasileiros fazem compras na internet todo mês e realizam pesquisas online antes de comprar eletroeletrônicos, livros, cosméticos e artigos esportivos. Para mais da metade dos entrevistados, a maior vantagem das compras online é o preço e para 41% é a conveniência.

Apesar desses números expressivos, para ter sucesso vendendo online não basta ter uma loja virtual. É preciso estratégia e, principalmente, atenção aos detalhes. Há um fator que impacta diretamente as suas vendas online: a descrição dos produtos. Uma descrição matadora pode ser aquela diferença que você buscava para aumentar o faturamento, além de ajudar a vender produtos que estejam parados no estoque.

Ao comprar online, o consumidor não tem a opção de poder tocar nos produtos, verificar os acabamentos de perto e tirar dúvidas com o vendedor, por exemplo. Na loja virtual, é a descrição dos produtos que substitui todas essas possibilidades existentes na loja física. Ela é fundamental para passar segurança na compra e certeza de que o consumidor está fazendo um bom negócio ao comprar na sua loja.

Pensando nisso, preparamos este artigo para mostrar a importância das descrições de produtos e listamos algumas dicas para você otimizá-las para vender ainda mais. Continue a leitura e confira!

Qual é a importância de uma boa descrição de produtos?

O aumento das vendas já seria motivo suficiente para ressaltar a importância, mas há mais vantagens em investir em boas descrições. Elas também tornam o conteúdo mais atraente e aumentam a credibilidade da loja.

É uma lógica parecida com a do ambiente de uma loja física. Quando você entra em uma loja bem iluminada, decorada, limpa e agradável, você se sente mais seguro em relação à empresa. Se a loja é escura, tem um ambiente desconfortável, você passa a questionar. Boas descrições passam seriedade, transparência e capricho.

Além disso, descrições originais e impecáveis trabalham a favor de sua loja online e ajudam o seu site a ser exibido na primeira página dos resultados de busca, aumentando o tráfego orgânico. Portanto, é crucial investir nas descrições dos produtos de seu e-commerce! Separe um tempo para essa tarefa, dedique-se e aproveite os benefícios de uma descrição bem redigida.

Quais são as melhores práticas para otimizar as descrições?

Temos uma boa notícia: muitas das boas práticas são relativamente simples de implementar em seu site, não representam muitos custos adicionais e têm ótimos resultados! Confira:

1. Tenha imagens para todos os produtos

Uma pesquisa realizada pelo eBay – um dos maiores sites de compras e vendas do mundo – mostrou que produtos com duas imagens têm 3% mais chances de serem comprados. A cada nova imagem, esse índice cresce mais 3%. Quanto mais clareza, quanto mais ângulos, qualidade e detalhamento, melhor!

A matemática dessa relação é simples: se as imagens não passam a segurança que os consumidores precisam, eles desistem da compra. Portanto, coloque imagens em todos os produtos da sua loja e capriche nas fotos. Se possível, garanta que elas sejam feitas por profissionais.

As imagens precisam ter uma boa resolução, boa iluminação e, de preferência, mostrar vários ângulos do produto e detalhes importantes. Se o produto tem mais de uma variedade ou cor, também é importante ter imagens dessas opções. Procure, ainda, manter um padrão: o mesmo fundo neutro, os mesmos ângulos e mesmos tamanhos. Imagens muito diferentes deixam o site menos agradável visualmente.

2. Descreva o produto de forma completa

Em uma loja online, os consumidores não podem testar produtos, vê-los de perto ou fazer perguntas aos vendedores. Por isso, é preciso oferecer uma descrição completa, objetiva e fácil de compreender.

Comece com a descrição comercial, que tem o objetivo de vender. Ela é um resumo das características, qualidades e vantagens do produto e ficará em destaque na página. Procure chamar a atenção – é aqui que você poderá convencer o consumidor a comprar.

Também é preciso ter uma descrição técnica, com detalhes formais como material, tamanho, peso, acessórios, cores, entre outros atributos. É interessante descrever aplicações do produto, com cases e opiniões de outros clientes que já o adquiriram.

3. Faça descrições originais

É importante imprimir em todo conteúdo da sua empresa a identidade da marca. E isso também vale para as descrições. Que linguagem sua empresa costuma utilizar? Use os mesmos padrões nas descrições e faça textos originais, evite copiar informações que vêm de fábricas e outras fontes. Isso também é importante para garantir que seu site apareça nos resultados de busca.

Buscadores, como o Google, estão à procura dos melhores resultados para seus usuários e, quando encontram muitos sites com o mesmo texto, dão prioridade ao site que publicou primeiro – o que os buscadores entendem como a fonte original. Com isso, se você copiar o conteúdo simplesmente, corre o risco de nem aparecer nos resultados. Logo, colete as informações do produto e crie seus próprios textos sempre.

4. Use técnicas de SEO

Evitar conteúdo duplicado é um dos cuidados da Search Engine Optimization (SEO), a otimização do site para que ele apareça entre os primeiros resultados dos buscadores, que ficam com a maioria dos acessos.

Para garantir um bom posicionamento, também é importante usar as palavras-chave certas para o produto – o que as pessoas vão procurar se precisarem dele? Coloque essas palavras no título e descrição sempre que possível, mas sem forçar, pois o Google também penaliza o excesso de palavras-chave.

Também tome o cuidado de descrever as imagens que usar no site, pois os buscadores não leem imagens, apenas texto. Se você colocar as palavras mais importantes nas descrições das imagens também aumenta a chance de sua loja ser encontrada.

5. Facilite a compra

A página do produto deve responder as perguntas do consumidor. Deixe claras as formas de pagamento, como ele pode entrar em contato com a empresa, detalhes da entrega, custo do frete, entre outras informações que ele precisa saber para se sentir seguro ao realizar a compra.

Aproveite, também, para oferecer outros produtos por meio de sugestões na página: um mecanismo que mostra produtos similares ou que o usuário já tenha acessado antes. Tudo precisa estar à mão, de forma simples e clara sempre.

Com boas descrições, sua loja está alguns passos mais próxima de oferecer uma excelente experiência de compra para o consumidor. Tenha sempre em mente, ao fazer seu planejamento, que não é apenas nas lojas físicas que eles precisam se sentir bem. Na web, isso também conta e pode ser a diferença entre uma compra realizada e uma desistência.

Gostou das dicas? Como você costuma fazer a descrição de produtos para vender online? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *