Você não precisa ser mestre em tecnologia para criar uma loja virtual

universo do comércio virtual parece ser, realmente, a melhor alternativa para driblar a crise na era da conexão. Se você já vende produtos ou acessórios para grupos de amigos e conhecidos, a criação de uma loja online pode representar uma ampliação bastante significativa para o seu empreendimento.

Isso porque o avanço da tecnologia modificou radicalmente a forma de consumo contemporâneo. Hoje, antes de efetivar a compra, o consumidor avalia uma série de elementos que considera essenciais para fechar negócio.

Desta forma, uma loja online pode ser a carta na manga que faltava para declarar sua independência financeira de uma vez por todas!

Entenda a economia promissora que representa um e-commerce

Partindo do pressuposto de que o aluguel de um espaço para acomodar suas mercadorias pode ser caro e demandar funcionários para tomar conta, a criação de um armazém na web configura uma opção bem mais econômica.

Isso justifica o fato dos shoppings estarem mais vazios ultimamente e também o fechamento de algumas lojas de departamento Brasil afora. Afinal, os custos para mantê-las funcionando são bastante elevados.

Mas ao criar uma butique na internet, você abre mão de um espaço físico para receber os clientes e também da contratação de mão de obra para vender. Ou seja, você mesma será a criadora, administradora e vendedora, realizando o atendimento prontamente, porém, do conforto do seu lar e sua loja ficará aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Saiba como criar loja online de maneira descomplicada

Graças aos baixos custos, hoje já existem quase meio milhão de lojas virtuais operando no Brasil, muito mais da metade direcionada a pequenas e médias empresas que vendem itens que custam menos de R$100.

Se fosse tão difícil assim criar um comércio eletrônico, este número não seria tão exorbitante, concorda? No entanto, infelizmente, muitas pessoas acabam adiando este investimento, pensando que precisa ser um verdadeiro expert em tecnologia para montar uma loja digital.

Por isso, descubra que com apenas alguns minutos, sua lojinha pode estar funcionando, pronta para alavancar suas vendas!

Busque por plataformas acessíveis

Mantendo a ideia de gastar pouco e faturar muito, algumas plataformas oferecem serviços de hospedagem para o seu e-commerce e criação gratuita das páginas, bem como suporte eficiente, caso haja algum problema de operação.

Mas é preciso pensar no orçamento, pois não adianta montar se não tiver condições de manter suas funcionalidades depois. Isso porque existe um limite de produtos que você poderá inserir e também de visitantes mensais. Ultrapassando esse total, o empreendedor, dependendo da plataforma escolhida, pode pagar alguma taxa e, por isso, é necessário planejar com antecedência.

Faça você mesmo

Como nesses modelos é o próprio empreendedor quem monta a página, escolhendo layout, cadastrando produtos e incluindo fotos, é importante não se esquecer de avaliar outros fatores respeitáveis, como:

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

  • meios de pagamento diferentes;
  • cálculo integrado de frete;
  • adaptações para acesso via smartphones;
  • contas de e-mail personalizadas com o domínio;
  • zoom automático das imagens.

Foque no seu público-alvo

É imprescindível lembrar ainda que todas essas escolhas, como o design da página ou os produtos em destaque, devem transparecer o gosto do freguês. Aliás, você sabe exatamente para quem a página será direcionada? Quais as preferências dessa clientela e o valor que ela se dispõe a pagar por algum produto da moda?

Tenha uma ideia sobre as características dos seus consumidores. O importante é considerar tudo isso no momento da montagem, afinal, ninguém espera conseguir vender avião para pássaro, sobretudo num momento em que milhares de empresas são suas concorrentes no mercado virtual, concorda?

Conheça algumas sugestões infalíveis para incrementar seu negócio

Você já entendeu que não é necessário dominar as ferramentas virtuais para investir no comércio eletrônico, mas existem outros elementos extremamente relevantes que te convencerão a investir nesse sonho agora mesmo:

Ofereça um atendimento eficaz

Por falar em atender prontamente, é imprescindível demonstrar atenção e cordialidade no trato ao cliente. Isso porque o consumidor da rede leva em conta até mesmo a prontidão por meio da qual as suas dúvidas são atendidas, por exemplo.

Preze pela riqueza de detalhes

Além de sempre responder rapidamente, indique na página o preço de forma clara e o máximo de características que puder acerca das mercadorias. Como o comprador não pode tocar no produto, ele precisará avaliar todos os detalhes que você disponibilizará, como: cores disponíveis, medidas, peso, material da confecção, etc.

Outra informação válida é caprichar nas fotos, é por meio delas que o usuário pode analisará o caimento das peças conforme a funcionalidade: bijuterias, cosméticosroupascalçados, etc.

Agregue credibilidade e segurança

Um dos pontos-chaves que certamente agrega credibilidade ao seu comércio é oferecer a devida segurança para que o cliente conclua a sua transação no carrinho de compras. Despertar essa confiabilidade pode não ser muito fácil, mas existem algumas estratégias formidáveis para que você conclua este objetivo com êxito:

  • Informações essenciais: não dispense o tópico “sobre”, pois é ele quem explicará o que sua loja oferece por meio de um breve histórico.
  • Contatos visíveis: muitas vezes, a compra é adiada por falta de telefones de contato, e-mails ou formulários de dúvidas por meio dos quais os internautas se sentem mais seguros para estabelecer um relacionamento e “sentir” que existe profissionalismo neste território.
  • Política de troca e devolução: este também é um aspecto extremamente importante para garantir que a troca ocorra com facilidade e dentro das conformidades exigidas, caso não goste do produto ou não sirva.

Destaque a opinião dos compradores

Por falar em credibilidade, outro quesito que viabiliza o sucesso no mundo digital é destacar um espaço para a opinião dos consumidores, incluindo suas impressões sobre a imagem do estabelecimento e o serviço oferecido. Estas opiniões acabam motivando outras pessoas a comprarem também.

Divulgue da maneira certa

Provavelmente, você já tem um perfil nas redes sociais, mas e o seu negócio? Além da loja, é importante ter uma página mais descontraída para divulgar fotos de seus clientes usando os seus produtos e ainda oferecer dicas pertinentes focadas em seu público-alvo.

Não se esquecendo, é claro, de sempre estimular os seus seguidores com links que direcionem ao site de compras. Agora que você já está pronta para fazer sucesso com a sua loja online, aproveite para deixar seu comentário com as dúvidas e experiências sobre esta nova etapa do seu empreendimento.

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...

Consultoria grátis?

Receba semanalmente as dicas dos nossos experts em comércio eletrônico.

Prometemos nunca enviar SPAM.