7 dicas para melhorar a experiência do consumidor na loja virtual

Faça a experiência de compra ser incrível em sua loja virtual

Experiência do consumidor na loja virtual: está aí um fator-chave para o sucesso de todo e qualquer tipo de e-commerce, não importa o tamanho ou o segmento de atuação. Quem deseja se arriscar no ambiente das vendas online precisa ter em mente que a satisfação dos clientes no que diz respeito à interação com o site é um dos aspectos de maior importância.

Nesse sentido, estamos nos referindo não apenas à navegação dos usuários, mas também às variantes que garantem uma boa jornada de compra. E por que isso é tão importante?

A resposta: porque essas questões são fundamentais para transmitir confiança, segurança e profissionalismo, ou seja, princípios que contribuem significativamente para a credibilidade de uma empresa.

Foi pensando nisso que tivemos a ideia de preparar este artigo. Aqui, nós vamos apresentar 7 dicas para melhorar a experiência do consumidor na loja virtual. Continue a leitura e confira!

1. Capriche no UX Design

Para começar, falaremos de um termo que possivelmente você ainda não conhece: o UX Design. Embora muitos de fato não estejam acostumados com essa terminologia, não poderíamos deixar de mencioná-la de forma alguma.

Apenas para que você saiba, UX é uma sigla que representa a palavra “User Experience”, ou, em português, “Experiência do Usuário”. Assim sendo, o UX Design se refere basicamente ao comportamento do site durante a interação com os visitantes.

A ideia consiste, sobretudo, em preencher as necessidades do cliente de maneira simples e objetiva. Para isso, deve-se considerar uma boa estrutura de informações e o bom aproveitamento dos elementos visuais.

2. Descreva os produtos detalhadamente

Pense bem: ao pesquisar por um determinado produto em uma loja virtual, você não gostaria de vê-lo descrito detalhadamente? É provável que sim, até porque, com saber se ele realmente servirá para o que você precisa, não concorda?

Diante disso, ofereça descrições detalhadas, especificando as características dos produtos o máximo que puder. Ter esse cuidado não custa nada, no entanto, negligenciá-lo pode lhe custar muito, já que a chance dos clientes retornarem ao seu site reduzirá drasticamente. E isso você não pode permitir.

3. Disponibilize imagens de qualidade

Outro ponto que favorece a experiência do consumidor são as imagens do site, ou melhor, a qualidade delas, em especial dos produtos. Tenha em mente que quando o assunto se relaciona às compras na internet, o aspecto visual é o principal responsável pelas escolhas. Nas lojas físicas, podemos utilizar o tato, o olfato, a audição e às vezes até o paladar, tudo depende do item em questão. Mas, como já é bem sabido, na internet é diferente.

Por essa razão, disponibilize imagens de qualidade, proporcionando a visualização dos produtos de diversos ângulos. Lembre-se também de potencializar os detalhes permitindo um zoom eficiente. Por incrível que pareça, muitos lojistas ainda pecam nesse quesito. Não seja você um deles.

4. Ofereça um checkout transparente

O checkout transparente é mais um fator que merece ser destacado. Um dos principais problemas em relação às taxas de conversão é o abandono de carrinho que, por sua vez, ocorre exatamente no momento da compra.

O checkout é a expressão utilizada para designar aquela página de finalização do pedido na qual o cliente insere suas informações e conclui o processo.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

No entanto, o checkout transparente tem uma pequena diferença com relação ao tradicional. E qual é essa diferença? O primeiro permite que a compra ocorra no próprio site, enquanto o segundo direcionará o cliente para uma página externa.

Embora isso não pareça algo substancial, a verdade é que oferecer esse recurso certamente proporcionará uma melhor experiência de navegação, disso não há a menor dúvida. Afinal, o cliente não encontrará nenhum obstáculo ou demora para concluir a compra.

5. Dê atenção ao estoque

Para os consumidores, poucas coisas são tão decepcionantes quanto a notícia de que o item adquirido não está mais disponível em estoque. Preste atenção no que acabamos de falar: item adquirido!

E por que frisamos isso? Porque não há como ocorrer uma compra sem a disponibilidade do produto, correto? Errado! Isso pode acontecer sim, e quando de fato acontece, é falha na contagem do estoque.

Portanto, não permita esse tipo de erro no seu negócio, pois ao adquirir um item da sua loja, o comprador espera o recebê-lo conforme as orientações de entrega preestabelecidas. Quando isso não ocorre, a experiência do consumidor na loja virtual é prejudicada.

6. Facilite o rastreio dos pedidos

Fornecer somente o prazo de entrega não é o suficiente, é necessário que você disponibilize o rastreio dos pedidos, não se esqueça disso. Aqui, o ponto a se destacar se refere à plataforma de e-commerce, a qual deverá viabilizar uma solução que envie o código de rastreio dos Correios, por exemplo.

Queira você ou não, é natural que os clientes fiquem ansiosos para receber suas compras. Muitos deles, inclusive, ficam verificando o status de entrega dia após dia. Acredite. Em vista disso, não conceder essa ferramenta de acompanhamento é um erro dos graves, pois incidirá em perda de credibilidade.

7. Deixe espaço para a opinião dos clientes

A última dica dessa lista é sobre a opinião dos clientes. Deixe espaço para que eles avaliem seus serviços e/ou produtos. Sobre esse aspecto, é importante compreender que, ao navegar pela página de um item do seu interesse, o visitante tende a verificar os comentários dos compradores.

Em outras palavras, a avaliação dos consumidores é parte essencial no que corresponde aos indicadores de qualidade de um e-commerce. Você mesmo já deve ter verificado a opinião das pessoas que já compraram algum produto de seu interesse, não é mesmo?

Para concluir, vale salientar a obrigatoriedade de prestar um ótimo atendimento, independentemente da situação, seja na pré-venda, na venda ou na pós-venda. Relacionar-se com o público da forma correta e sempre visando solucionar suas dúvidas ou problemas lhe trará boas consequências no longo prazo, lembre-se disso.

O que você achou dessas 7 dicas para melhorar a experiência do consumidor na loja virtual? Gostou? Quer saber ainda mais? Então assine a nossa newsletter agora mesmo e receba os melhores conteúdos sobre o ambiente do comércio eletrônico diretamente no seu e-mail!

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...

Consultoria grátis?

Receba semanalmente as dicas dos nossos experts em comércio eletrônico.

Prometemos nunca enviar SPAM.