Como emitir Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) em sua loja virtual

Para os indivíduos que ainda estão começando no comércio online, muitas são as dúvidas acerca da emissão das notas fiscais, que são uma obrigatoriedade também nesse modelo de negócios.

Por conta disso, neste artigo veja como você pode realizar a emissão das notas fiscais na sua loja virtual de maneira simples e sem grandes dificuldades.

Nota Fiscal Eletrônica

Para início de conversa, o empreendedor digital deve saber que a nota fiscal obrigatória e emitida pelos negócios físicos não é a mesma. Para os negócios essencialmente online, essa emissão é substituída pela NF-e – Nota Fiscal Eletrônica, sendo essa mais moderna e capaz de facilitar a comunicação entre o contribuinte e o próprio fisco, evitando ainda o desperdício de tempo que era gasto pelas empresas que precisavam digitar e conferir cada uma de suas notas fiscais.

Esse tipo de nota fiscal ainda não é obrigatório em todo modelo de negócio online, mas certamente tê-la no seu trará muito mais credibilidade e aumentará as suas vendas de forma exponencial.

Emitindo notas fiscais eletrônicas na sua loja virtual

Para emitir notas fiscais eletrônicas na sua loja virtual, por exemplo, é necessário passar pelo mesmo procedimento das empresas físicas, sendo um dos passos a própria autorização por parte da secretaria da fazenda do seu estado – SEFAZ.

Com ela em mãos, você também precisa da aquisição de um certificado digital para que as assine e de um software de qualidade para gerar e imprimir esse documento tão importante para o seu e-commerce.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

Para exemplificar melhor, vamos para um passo a passo da criação de nota fiscal eletrônica para o seu negócio ou loja virtual:

  1. Primeiro, tenha um certificado digital, já que é isso que dá validade jurídica e também comprova a sua própria autenticidade. A nota fiscal eletrônica só pode ser entregue ao cliente quando conta com uma assinatura digital da empresa, que comprova que o procedimento foi realizado de maneira legal. Para adquirir a mesma, o pequeno empreendedor deve entrar m contato com uma autoridade certificada que seja credenciada pelo ICP – Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira.
  2. O segundo passo é credenciar-se na secretária da fazenda do estado em que a sua empresa (mesmo sendo digital) está localizada, ou seja, onde você mora. Para cadastrar o seu e-commerce mais facilmente, nesse processo você pode contar com o auxílio de um contador.
  3. Por fim, instale um software para emitir a sua nota fiscal eletrônica, que gerirá as mesmas com maior facilidade e no padrão exigido para esse formato. Em alguns estados, é possível encontrar um software totalmente gratuito no próprio site da secretaria da fazenda, lembrando que esse sistema não é assim tão eficaz para a impressão em grande escala.

PS: Nesse terceiro item, vale destacar que nem sempre vale a pena contar com o software gratuito da Secretaria da Fazenda, já que ele é caracterizado mais como um sistema para que o pequeno empreendedor comece a se familiarizar com as notas fiscais eletrônicas. Isso porque você precisará emitir as notas uma por uma, já que existe um campo próprio para digitá-las novamente.

Uma boa notícia nesse sentido é que existem uma série de sistemas para emissão bem em conta, e encontrá-los com baixo custo e qualidade não é uma tarefa difícil. Se você gostou das nossas dicas, deixe seu comentário logo abaixo. Compartilhe!

 

Este post tem 5 comentários

  1. Tenho estado envolvido nesse ramo de marketing digital e me parece muito interessante, sobretudo em tempos de crise como a que passamos.

  2. Bem interessante.

  3. Cada vez mais, os negócios on-line estão presentes.

  4. Negócio online é a solução em tempos de crise como a de agora.

  5. Legal o post, ajudou bem a entender o que devo fazer.

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...