como montar uma loja virtual de petshop

Como montar uma loja virtual de petshop e ser bem-sucedido

Quer descobrir tudo sobre como montar uma loja virtual de petshop?

Realmente, tem tudo para essa ser uma grande ideia, pois brasileiros são apaixonados por seus bichinhos.

Mas para se dar bem de verdade nesse mercado, não deixe de conferir as dicas que preparamos para você.

Vamos em frente?

Como montar uma loja virtual de petshop em 7 dicas

Para quem está decidido a aprender como montar uma loja virtual de petshop, o primeiro passo é buscar informações úteis para o seu projeto.

E já que a ideia é se apoiar nas melhores dicas, vamos direto ao ponto.

Separamos sete passos que não podem ficar de fora da estratégia.

1. Opte por um nicho

Há duas formas de enxergar o mercado de pets:

  1. É extremamente concorrido e tem muita gente disputando o mesmo cliente
  2. É extremamente concorrido, mas há potenciais clientes não tão bem atendidos.

Essa segunda visão combina com a ideia de segmentar a sua loja virtual, estabelecendo um nicho de atuação e focando suas ações nele.

Um nicho pode tanto se limitar à venda de uma linha de produtos, como mirar um público específico.

Medicamentos, alimentação e itens de higiene e beleza voltados a pets são exemplos de segmentação possível.

Se desejar, pode nichar ainda mais, como ao optar pela venda de ração para cães, produtos de beleza para gatos ou polivitamínicos para pássaros.

Não sabe como tomar essa decisão? Explicamos no próximo passo.

2. Veja o que o mercado revela

Um estudo sobre o mercado é etapa imprescindível para montar uma loja virtual de petshop.

Analisando a concorrência, observando o comportamento do público e também a disponibilidade de fornecedores, você identifica quais produtos têm melhor saída.

Também verifica aqueles com potencial ainda pouco explorado.

Todas as informações que colher nessa etapa serão importantes para montar seu plano de negócio, definir a estratégia de marketing e propor ações para atrair clientes.

Junto à concorrência, sua observação vai permitir entender o tipo de oferta que funciona melhor com o consumidor e como ela deve ser apresentada.

3. Organize suas ações

Você tem ideia de tudo o que precisa fazer para iniciar a operação da sua loja?

Vamos conferir uma lista de questões que dá uma ideia do tamanho do desafio:

  • Qual será o investimento inicial?
  • Qual será a necessidade de capital de giro?
  • Será preciso buscar financiamento externo?
  • Como escolher os fornecedores?
  • Qual modalidade de frete é a melhor?
  • Como definir o tamanho do estoque de cada produto?
  • De quantos funcionários vou precisar?
  • Como fazer para divulgar a loja?
  • Qual a melhor estratégia de marketing?
  • Quem vai desenvolver o site da loja?
  • Que meios de pagamento devo oferecer?

Cansou só de ver? E olha que tem muito mais tarefas importantes que ficaram de fora.

O principal é que você faça esse exercício e, a partir dele, estabeleça um cronograma  com uma sequência lógica de ações.

Analise cada uma delas sob o prisma da urgência, o que ajuda a definir prioridades.

Faça desse esforço o seu plano de negócios, o qual será responsável por introduzir a loja no mercado e mantê-la saudável até gerar lucro.

4. Registre seu negócio

Um negócio informal nem pode ser chamado de empresa.

Não que não haja valor no trabalho de milhões de brasileiros que preferem essa forma de atuação.

Mas uma empresa de verdade se coloca em outro nível. Com um CNPJ, você se torna um empreendedor e sua loja pode emitir notas fiscais, o que é importante principalmente na relação com fornecedores.

Além de providenciar o registro, então, converse com um contador para compreender todas as exigências que se aplicam ao negócio.

Ela podem partir do próprio município onde sua loja virtual terá um endereço físico, o qual pode ser usado para fins administrativos ou gestão de estoque.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

5. Estabeleça uma marca

Se a empresa dá ao negócio uma certidão de nascimento, a marca concede a ele uma personalidade.

Isso aparece já no nome escolhido, que deve estar também no domínio da loja virtual de petshop.

No layout dela, o público precisa conferir as cores e a tipografia previamente definidas.

E o que dizer do logotipo, então? Ele costuma ser pensado para criar uma imediata associação com a marca.

Todos esses elementos ainda devem estar presentes nas comunicações e em ações de marketing.

Entenda que, sem uma marca forte, seu cliente pode até parar no site do concorrente sem se dar conta disso.

6. Defina uma estratégia de marketing

Mais do que se preocupar como montar uma loja virtual de petshop, você precisa ter uma estratégia para divulgar seus produtos e atrair clientes.

Alguns até podem visitar seu site por indicação de amigos e familiares, mas isso representa muito pouco, quase nada, diante de todas as possibilidades do comércio eletrônico.

Investir em marketing não significa que deva produzir um comercial para televisão.

Há formas muito mais baratas e efetivas para ser encontrado pelo público, como no marketing digital, em um blog próprio ou a partir de publicações em redes sociais.

Mas o mais importante é utilizar o orçamento com critério.

Ao definir suas personas, que correspondem ao perfil ideal de cliente, você descobre onde estão aqueles com potencial interesse naquilo que oferece.

Também encontra elementos para apresentar a oferta exata, da forma mais efetiva.

7. Encontre o que diferencia você

Se o que amedronta você antes de abrir um petshop online é a concorrência, entenda que só há uma forma de competir no mercado: dando aos clientes motivos para que seja escolhido.

O que pode diferenciar você dos concorrentes? Essa é a questão que precisa responder.

Talvez seja o preço, a qualidade dos produtos, a escolha das marcas expostas na loja virtual ou a experiência personalizada que oferece ao cliente.

No fim das contas, novamente, essa definição depende das lições aprendidas ao estudar o mercado.

Loja online de petshop é um bom negócio?

Se você gosta das particularidades do mundo pet, tem um bom plano de negócios para a sua loja virtual, identificou um nicho rentável e já sabe qual será o seu diferencial competitivo, não perca tempo.

Um petshop online, sem dúvida, é um bom negócio.

O mercado pet brasileiro tem o terceiro maior faturamento do mundo, com receitas que giram em torno de R$ 20 bilhões ao ano.

Para 85% dos donos de gatos, os animais são membros da família. Entre os cães, o percentual sobe para 88%

Isso explica porque 45% gastam até R$ 300 por mês para cuidar do seu bicho de estimação.

E você ainda não começou a montar sua loja virtual?

Sua loja virtual de petshop pronta em 15 minutos

Depois de descobrir como montar uma loja virtual de petshop e faturar bem com ela, é hora de fazer desse sonho uma realidade.

Para isso, conte com a Boxloja.

Neste link, você acessa um teste grátis da plataforma e pode começar a vender em apenas 15 minutos.

Não deixe para depois. Comece agora!

Aproveite para deixar seu comentário e compartilhar este artigo em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...