Saiba como evitar que sua loja virtual caia na lista negra do Google.

Ao abrir uma loja virtual, é muito comum aquela empolgação com o novo negócio, a vontade de divulgar, de conseguir novas vendas e de ver o negócio realmente prosperando. Mas acontece que toda essa empolgação deve ser controlada. Não para que você trabalhe menos, é claro, mas sim para que você não acabe tentando recorrer a meios ilícitos para “bombar” a sua loja virtual.

Mais uma vez, não confunda os termos. Esse meio ilícito que falamos nada tem a ver com a ilegalidade, mas sim com práticas consideradas equivocadas na divulgação dos comércios eletrônicos. Embora esses recursos pareçam bons a princípio, a verdade é que eles podem ser uma furada, por levarem a sérias medidas de repreensão do Google.

Mas, calma. Nada do que falamos aqui é irremediável. E nenhum problema com a lista negra do Google vai ser tão ruim que não seja possível se virar. Mas para isso, é bom entender como o maior buscador do mundo funciona.

A lógica de trabalho do Google

Para um bom buscador, a coisa mais interessante que um site pode ter para alguém é a relevância. Não por menos, o uso de palavras-chave é uma das melhores formas de direcionar usuários para determinados sites. Portanto, para ser um site considerado relevante para o Google, a primeira coisa necessária é relevância. Como você consegue isso? Tendo conteúdo de qualidade, que elucida as necessidades do cliente e ainda ajuda ele a solucionar um problema.

Como isso é feito por quem abre uma loja virtual? Simples: tendo os produtos expostos e com informações relevantes, organizando os segmentos de produtos oferecidos, dando dicas do que um cliente pode comprar além daqueles produtos estipulados e assim por diante. Na verdade, o que estamos dizendo é que para um buscador, se você é capaz de atrair um cliente para seu site e mantê-lo nele durante um bom tempo, você é um bom parceiro. Portanto, seja relevante, organizado e prestativo e muito provavelmente seu conteúdo estará sempre em alta.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

Conhecendo o outro lado da moeda.

Mas, não pense que tudo é um mar de rosas. Lembra quando falamos lá em cima sobre as tentativas erradas de conseguir destaque? Isso acontece, por exemplo, quando você usa as palavras-chave de um site de buscas de maneira errada, enchendo a página com ela e não dando informação nenhuma, por exemplo. Com isso, o usuário entra no site, vê que não tem nada de bom pra ele e sai logo em seguida. Desse modo, você pode criar uma taxa de rejeição muito alta, o que é ruim para o Google, que vai te punir colocando seu site nas páginas 3, 4 ou 5 dos resultados.

Outra coisa importante é não utilizar mailing de e-mails comprados. Se uma pessoa não autoriza o lançamento do e-mail e mesmo assim você se comunica com ela, o seu site será considerado spam, o que vai significar, mais uma vez, uma punição do Google nas pesquisas e até no Gmail daqueles que aceitaram receber suas mensagens. Notícia ruim, não?

Espero que você fique sempre bem posicionado no google a partir de agora, que tal compartilhar esta informação com um amigo? Deixe seu comentário se preferir. Sucesso e boas vendas!

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...

Consultoria grátis?

Receba semanalmente as dicas dos nossos experts em comércio eletrônico.

Prometemos nunca enviar SPAM.