loja virtual de calçados

Como montar uma loja virtual de calçados e se dar bem

Se você quer conquistar clientes pelos pés, é uma boa ideia aprender como montar uma loja virtual de calçados.

Neste artigo, vamos trazer dicas para você fazer isso de forma planejada.

São passos que oferecem segurança para a sua estratégia, sem se deixar levar pelo medo da concorrência.

Quer ter seu negócio digital? Então, siga a leitura!

Como montar uma loja virtual de calçados: 7 dicas

Tem como montar uma loja virtual de calçados e fazer sucesso no e-commerce.

Ao acreditar no projeto, você dá o primeiro passo para a sua realização.

O segundo é se valer das melhores práticas para construir uma estratégia vencedora.

O roteiro que você vai conferir agora foi pensado justamente para isso.

Então, sem perder tempo, vamos ao que interessa!

1. Escolha seu nicho de atuação

Você vai vender calçados femininos, masculinos ou infantis? Sociais ou casuais? Quem sabe inclusivos, anatômicos e ortopédicos?

Dá até para oferecer tamanhos especiais, como fez a empreendedora citada nesta reportagem, que focou em modelos femininos para pés pequenos.

Não é por acaso que sua ideia aparece no texto como um case de sucesso.

Porque você pode entender como montar uma loja virtual de calçados, mas não ter os resultados que gostaria ao ser genérico e deixar de focar em um segmento.

É preciso entender que as grandes redes já vendem todo o tipo de calçado e que concorrer com elas é muito difícil.

2. Observe o mercado

O que você fez na etapa anterior, ao escolher um nicho no varejo calçadista, exigiu de você estudar o mercado, certo?

Esse esforço deve servir também para buscar maior embasamento para a sua estratégia.

Por exemplo, ao observar outras lojas virtuais para calçados, você consegue identificar quais de suas práticas funcionam ou não com o público.

A dica aqui não é copiar, mas usar as informações como referência – até porque você precisa de uma estratégia única para se diferenciar no mercado.

Descobrindo o que seus potenciais clientes querem, você encontra um atalho para ser bem-sucedido.

3. Elabore um plano de negócios

Você certamente vai lembrar quando, já no início do artigo, usamos as palavras estratégia e planejamento.

Esse cuidado busca organizar as ações que serão colocada em prática para tirar a sua loja virtual de calçados do papel.

E o que melhor combina com esse objetivo é um instrumento chamado plano de negócios.

Nele, você deve prever tudo o que é preciso fazer para montar seu negócio, de preferência estabelecendo um cronograma com prazos e responsáveis por cada ação.

O ponto de partida é levantar, a partir de questionamentos, todas as ações das quais a loja depende para funcionar.

Veja exemplos:

  • Qual será o investimento inicial?
  • Qual minha necessidade de capital de giro?
  • Quantos profissionais a equipe vai ter?
  • Como o site será desenvolvido?
  • Quem fará fotos dos calçados?
  • Quem serão meus fornecedores?
  • Qual opção de frete escolher?
  • Como controlar o estoque?
  • Que meios de pagamento devo aceitar?
  • Quanto será investido em marketing e de que forma?

Seja detalhista, mas também organizado, pois depende desse planejamento a própria sobrevivência da loja, em especial nos primeiros meses.

4. Regularize a empresa

Ter um negócio é assumir um compromisso.

Para montar uma loja virtual de calçados, você precisa de um CNPJ, conta bancária como pessoa jurídica, providenciar a emissão de notas fiscais eletrônicas e tudo aquilo que o processo de regularização exige.

Busque atender às regras que se aplicam a todas as empresas e verifique se há alguma exigência específica do município no qual vai se instalar.

Afinal, você terá uma loja virtual de calçados, mas ela deve ter um endereço físico para administração e estoque.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

5. Construa uma identidade de marca

A constituição da empresa vai permitir que você possa vender calçados online.

Já a criação de uma marca possibilita a ela que seja vista, notada e lembrada pelos clientes sempre que uma necessidade de consumo surgir.

Uma marca começa na escolha do nome e é também formada por cores, tipografia e tudo aquilo que dá a ela uma personalidade.

Esses elementos precisam estar no seu logo, no layout do site, nas redes sociais e em todas as suas comunicações, o que inclui as ações de marketing.

6. Invista em marketing

Como você espera conseguir seus primeiros clientes?

A propaganda boca a boca de amigos e familiares ajuda, mas seu alcance é mínimo perto do potencial que a internet oferece.

É por isso que o investimento em marketing é obrigatório para qualquer loja virtual de calçados.

Ao estudar seu público, defina as personas, que são representações do seu perfil ideal de cliente.

Nesse exercício, leve em conta aspectos como idade, gênero, renda, escolaridade, hábitos, interesses, preocupações e necessidades.

Isso vai permitir a você ser mais assertivo na escolha do tipo de marketing a utilizar, no conteúdo e tom da mensagem que deseja transmitir e também nos canais escolhidos para isso.

O marketing existe para que você seja encontrado pelo potencial cliente nos lugares onde ele está.

7. Encontre um diferencial competitivo

A concorrência é forte no varejo calçadista. E ela não é apenas interna, como também externa – vide os sites chineses que vendem por aqui.

Só que de nada adianta lamentar a realidade.

Como bom empreendedor, você deve buscar oferecer diferenciais que conquistem o cliente e façam de você uma escolha óbvia quando ele precisar comprar um calçado.

Ao definir um nicho, como indicado no passo 1, você já contribui para isso.

Mas o principal diferencial competitivo pode estar no atendimento.

Vale investir em um processo de checkout rápido, interagir em canais variados e promover pequenos agrados, como ofertas exclusivas e cupons de desconto enviados de maneira personalizada por e-mail.

Sendo criativo, sua loja virtual de calçados já nasce à frente de muitas outras.

Vale a pena montar uma loja online de calçados?

De forma geral, todo negócio que nasce na internet tem um potencial maior do que uma loja física.

A razão para isso é óbvia: cada vez mais, o consumidor valoriza a comodidade. Ele quer resolver suas necessidades de casa ou do trabalho, sem se deslocar.

Se for pelo celular, melhor ainda, já que 53,8% das vendas online são fechadas em dispositivos móveis.

Claramente, essa é uma tendência de comportamento para as gerações futuras, considerando que, entre os jovens, 75% compram na internet.

Então, depois de aprender como montar uma loja virtual de calçados, só falta garantir que ela seja a escolhida pelo público.

Para isso, as dicas que conferiu neste artigo certamente vão ajudar.

Mas ainda temos mais uma.

Crie agora a sua loja virtual de calçados

Por que deixar para amanhã se você pode ter sua loja virtual de calçados agora mesmo?

A Boxloja é a ferramenta ideal para isso.

Visite este link para garantir um teste grátis da plataforma e começar a vender em apenas 15 minutos.

Aproveite para deixar seu comentário e compartilhar este artigo em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...

Consultoria grátis?

Receba semanalmente as dicas dos nossos experts em comércio eletrônico.

Prometemos nunca enviar SPAM.