nome para loja virtual

Descubra como escolher um bom nome para loja virtual

O nome é sempre uma das primeiras questões a serem pensadas por quem pensa em criar uma loja virtual. Independentemente do segmento em que se deseja atuar, escolher um bom nome é fundamental.

Nem todo mundo possui criatividade para escolher nomes. Ainda mais nomes que atendam às exigências do empreendedor e também do público-alvo que ele pretende conquistar.

Pensando neste assunto, listamos aqui algumas dicas para que você aprenda a escolher o nome ideal para um negócio virtual. Acompanhe!

1. Não se limite ao escolher o nome para loja virtual

Evite escolher nomes que não permitam que o seu negócio seja ampliado com uma nova linha de produtos.

não se limite

Igualmente importante é evitar nomes que sejam limitado geograficamente. Casos muito comuns são o uso de nome de cidades, bairros e até mesmo estados.

Optar por um nome que fuja deste foco vai auxiliar a empresa quando desejar expandir suas fronteiras. Você estará livre para vender novos tipos de produtos, ou mesmo atuar em outros territórios.

2. Verifique os concorrentes

Antes da escolha do nome para loja virtual, vale a pena verificar a concorrência e conhecer os tipos de nomes utilizados. Avalie também o impacto que essas marcas causam aos clientes.

Fique de olho na concorrência

Nesta fase, saber os que são utilizados pelos concorrentes também evita que você adote nomes parecidos ou que façam lembrar os de outras empresas.

Assim, ao conhecer o que os concorrentes estão fazendo, é possível identificar fórmulas de sucesso e, ao mesmo tempo, criar algo totalmente inédito.

Além de chamar a atenção do cliente, trata-se de uma ação que evita problemas como processos por plágio ou uso indevido de marca, por exemplo.

3. Pense em seu público-alvo

Conhecer o perfil do público-alvo que se pretende conquistar é um passo importante no processo de escolha do nome para loja virtual. Com isso, é possível avaliar que tipo de nome poderá entrar em ressonância com o que querem as pessoas que se deseja alcançar.

Público alvo

Isso tem a ver não apenas com os interesses delas, mas também com os seus conhecimentos e perfis de consumo. Certos públicos, como os adolescentes, aceitam nomes divertidos para o negócio, enquanto outros exigem algo diferente.

Em outras palavras, é preciso saber se o nome vai combinar com o público, de modo que traçar o perfil de quem vai comprar torna-se um recurso fundamental.

4. Mantenha-o curto

Outra dica importante na hora de escolher um nome para loja virtual, está em mantê-lo sempre curto, a fim de ser facilmente soletrado, pronunciado e principalmente, lembrado por parte do público que passará a conhecê-lo.

mantenha-o curto

Buscar por nomes curtos também representa grande importância na hora de registrar um domínio para o site da empresa, visto que nomes são mais fáceis de serem digitados, além de diminuir a possibilidade de erros na digitação.

Não existe uma regra a respeito da quantidade mínima ou máxima, mas ele deve ser curto o bastante para não exigir muito esforço para ser lembrado ou digitado, mas longo o bastante para não ser confundido com siglas diversas.

5. Escolha nomes fáceis de serem lembrados

Em parte, optar por um nome para a loja virtual que seja curto tem a ver com a facilidade com a qual ele será lembrado. Porém, não adianta pensar em um que tenha poucas letras, mas que mesmo assim vai gerar dificuldades.

fácil de lembrar

Optar por palavras estrangeiras, por exemplo, pode não ser a melhor escolha, a menos que o seu público seja muito preparado para compreendê-lo e lembrá-lo facilmente.

Optar por um nome em inglês para um e-commerce que tenta atingir as classes C ou D, nesse sentido, pode trazer complicações.

Nomes muito inventivos, que usem letras e combinações pouco comuns, também não são indicados. Além disso, em se tratando de uma loja virtual, tome cuidado com o uso de acentos e símbolos diversos, como a cedilha.

Do contrário, o que era “-ção” no nome escolhido virará “-cao” no endereço virtual, tornando mais difícil a tarefa de lembrar e de digitar corretamente.

6. Verifique a disponibilidade nas redes

Antes de definir o nome do negócio, recomenda-se listar as possíveis escolhas e verificar a disponibilidade do domínio de cada nome.

registro.br

Para isto, basta acessar qualquer site que realiza o cadastro de domínios e efetuar a consulta. Alguns exemplos são o Locaweb, GoDaddy ou o Registro.br.

Nesta fase, também vale a pena testar as variações de extensões. Por exemplo: se o seu negócio vai se chamar “Móveis Azul” e o domínio moveisazul.com.br estiver disponível, recomenda-se consultar se já existem domínios como moveisazul.com ou moveisazul.net.

Nesse caso, seria inviável cadastrar o domínio, já que haveria confusão por parte dos visitantes.

Também é importante conferir nas redes sociais, já que de nada adianta surgir com um ótimo nome que, ao ser pesquisado, retornará várias outras páginas no Facebook.

7. Utilize palavras-chave

Outra dica relevante na hora de criar um nome para o negócio está na possibilidade de incluir palavras-chave junto ao nome ou até mesmo ao slogan da empresa.

Palavras-chave

Anteriormente citamos o exemplo “Móveis Azul”. Nesse caso, nota-se que já existe uma palavra-chave no próprio nome, que passa a ser “móveis”.

Desse modo, haverá maior facilidade para os buscadores em posicionar o site da empresa para a palavra-chave “móveis”.

Vale ressaltar que esta não é uma regra. Ter uma palavra-chave junto ao nome da empresa auxiliará no posicionamento do site quando houver a busca por esta palavra.

8. Pense na associação com o e-commerce

É importante diferenciar o seu negócio para que as pessoas pensem nele como um estabelecimento virtual perfeito para as compras.

Associação com e-commerce

Essa é a uma ótima maneira de aumentar o apelo, já que assim que a pessoa vir o nome, saberá que é um lugar onde pode adquirir produtos.

É comum, por exemplo, associar o prefixo “e-” à loja. Uma loja de produtos de beleza poderia adotar o nome de “e-Beleza” para indicar que os produtos encontrados são virtuais.

Do mesmo modo, acrescentar palavras como “web”, “shop” ou “virtual” podem ser boas opções.

Esse não é um passo obrigatório, mas muitas lojas de sucesso têm usado essa fórmula. Muitas negócios são facilmente reconhecidas e lembradas dessa maneira.

9. Faça um brainstorming

Levando tudo isso em consideração, é hora de fazer um brainstorming — a famosa tempestade de ideias. Para tanto, comece a escrever todas as palavras que você acha que têm a ver com a sua loja.

Brainstorming

Escreva o máximo que puder, sem pensar ainda como elas se encaixam no nome. Inclua substantivos, adjetivos e tudo mais que puder ajudar.

Quando encerrar essa tempestade de ideias, comece a peneirar. Corte as que forem muito longas e/ou difíceis, aquelas que já são usadas por seus concorrentes e as que são excessivamente limitantes.

Com as que sobraram, comece a pensar em fazer combinações, trabalhando em cima delas. Ao final, é bem provável que você termine com uma ótima opção, capaz de transmitir aquilo que o seu negócio é de fato.

10. Tome cuidado com erros e duplos sentidos

Porém, antes de bater o martelo e decidir que é assim que a sua loja será batizada, é preciso ter cuidado para não se arrepender mais tarde.

Cuidado com erros!

Se o nome pra loja virtual for em outro idioma, garanta que não há nenhum erro de gramática e que ele significa exatamente o que você deseja. Se tiver alguma dúvida sobre o nome, mas não quiser abrir mão dele, procure um especialista na língua. Fuja de tradutores gratuitos e pergunte para quem tem certeza sobre o tema.

Mesmo que a palavra seja em português, tome cuidado para que a ortografia esteja correta ou a marca já vai começar do jeito errado no mercado.

Não se esqueça de pensar em duplos sentidos. Como os endereços da web não possuem espaços, pode ser que suas palavras juntas gerem uma terceira indesejada.

E, se você não notar previamente, é bem possível que o seu público note.

Cuide, ainda, das questões como a pronúncia e o possível uso em um logotipo, em datas comemorativas e outros elementos. Isso permitirá que a sua marca transmita sempre a mensagem certa, sem surpresas desagradáveis.

11. Seja original

Pode parecer uma dica óbvia, mas é importante que o nome escolhido seja totalmente original.

Seja original!

É isso que vai fazer com que a sua loja se destaque pelos motivos certos. Copiar um nome, certamente, não passará despercebida.

Se encontrar o nome para loja virtual estiver difícil, faça novos brainstormings. Busque inspirações em lojas de outros países e estude o seu público de maneira mais profunda.

Sobretudo, não tome o caminho mais fácil de fazer pequenas mudanças em um nome que já é conhecida. O resultado será muito diferente do que aquele que você deseja.

12. Registre a escolha

Depois de tanto trabalho, você finalmente achou o nome para loja virtual? Então chegou a hora de registrá-lo. Dessa forma, você poderá utilizá-lo sem preocupações e, ainda, impedirá que outras pessoas aproveitem o título que criou.

Registre a escolha do nome para loja virtual.

O registro é feito no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e vale por 10 anos, após o pagamento da taxa. Porém, você só poderá fazer o registro se ele for inédito! Faça uma pesquisa antes para saber se ninguém teve a mesma ideia.

Caso o nome para loja virtual já esteja registrado, volte para a fase das ideias, até encontrar um nome disponível e mantenha sua loja sempre segura!

Vale ressaltar que, nesta fase do empreendimento deve haver paciência para as pesquisas, já que o nome do negócio será algo a ser carregado por toda a existência da empresa.

90 ideias de nomes para lojas virtuais e como tirar seu sonho do papel

Não é fácil encontrar bons nomes para lojas virtuais, pois tudo parece já ter sido usado na imensidão da web.

De repente, você tem um excelente plano de negócio e uma ótima plataforma, mas ainda falta decidir o nome ideal — que é fundamental para o sucesso online.

Se está difícil batizar seu e-commerce, saiba que existem algumas técnicas que ajudam muito no processo criativo. 

Para facilitar sua vida, reunimos nada menos que 90 ideias de nomes para lojas virtuais, além de dicas valiosas para colocar sua loja online o mais rápido possível.

Quer agilizar a criação do nome e começar a vender logo?

Então continue lendo e mãos à obra. 

Nomes criativos para lojas virtuais: por onde começar

Escolher nomes para lojas virtuais é sempre um desafio para os empreendedores digitais.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

Afinal, na internet, sua marca é a própria vitrine da loja — o principal chamariz para os cliques dos usuários.

Logo, você precisa de um nome 100% original, que traduza a essência do seu negócio e comunique seus diferenciais da concorrência. 

Para começar seu processo criativo, você precisa definir alguns pontos essenciais sobre a loja virtual:

  • Público-alvo: o público-alvo deve ser definido nos mínimos detalhes, levando em conta aspectos como gênero, faixa etária, classe, profissão, hábitos de compra, hobbies, preferências e até mesmo história e objetivos de vida
  • Produtos ou serviços: quais os produtos ou serviços oferecidos e quais necessidades eles suprem
  • Missão da loja: você quer facilitar a vida do consumidor com um produto inovador? Oferecer uma entrega mais rápida? Solucionar um problema específico?
  • Visão e valores: como você enxerga sua loja no futuro? Quais valores estão na base do seu negócio?
  • Concorrência: também é preciso mapear a concorrência e avaliar que tipo de nome utilizam e como se comunicam.

A partir desse plano de negócio básico, você tem alguns caminhos para percorrer na criação do nome:

  • Termos ligados à história e identidade dos fundadores
  • Um nome autoexplicativo, que deixe claro o que a loja vende
  • Um nome mais conceitual, com palavras que remetem às sensações e diferenciais dos produtos 
  • Palavras estrangeiras com um significado complexo, que transmitem a mensagem da loja
  • Números e expressões que simbolizam os diferenciais da marca
  • Uma sigla formada por uma expressão que traduz a missão da loja
  • Um nome que aposta no humor ou trocadilho
  • Uma palavra inventada pela junção de outros termos (neologismo)
  • Palavras escolhidas pela pronúncia marcante.

Como você pode ver, as possibilidades são inúmeras.

Mas, quando se trata de nomes para lojas virtuais, você precisa considerar quatro critérios importantes:

  1. Valor semântico: o significado transmite a mensagem correta para o público? 
  2. Impacto estratégico: está alinhado às preferências do público e posicionamento de mercado desejado?
  3. Estrutura fonética: a pronúncia é fácil, agradável e favorece a lembrança de marca?
  4. Disponibilidade: o nome está disponível para registro como marca e domínio?

Por isso, ao criar sua lista de nomes, você terá que passar todas as ideias por esses filtros antes de continuar. 

Dito isso, já podemos seguir para os insights. 

5 nomes de lojas virtuais famosas

Nada melhor do que avaliar alguns nomes de lojas virtuais famosas para se inspirar.

Conheça algumas marcas e suas curiosas histórias.

1. Amazon

A gigante do e-commerce global Amazon — quem diria — foi registrada inicialmente com o nome “Cadabra”, por se tratar de algo “mágico”. 

Porém, logo o fundador Jeff Bezos percebeu que a palavra podia ser associada a “cadáver” em algumas línguas, e decidiu mudar sua marca.

A referência principal foi o próprio Rio Amazonas, considerado o maior do mundo e em extensão e fluxo de água — uma inspiração para o negócio que pretendia ser líder mundial em vendas online.

2. Submarino

A Submarino é uma empresa pioneira do e-commerce brasileiro, criada em 1999 e hoje integrada à Americanas.com. 

O nome da empresa foi inspirado no oceano, pois era preciso expressar a imensa variedade de produtos oferecidos, tão vasta quanto a biodiversidade marinha. 

Assim, o submarino foi escolhido por ser um veículo veloz, seguro e eficiente, capaz de desbravar essa imensidão de produtos online — além de ser um nome de fácil memorização e, na época, disponível nos países de lançamento.

3. Netshoes

A Netshoes é um exemplo de marca autoexplicativa, que une o “net” (internet) ao “shoes” (calçados em inglês). 

O mais curioso é que a loja surgiu offline, em um pequeno estacionamento improvisado em São Paulo.

Ainda bem que os fundadores resolveram fechar as lojas físicas e apostar tudo no e-commerce, criando uma das maiores lojas virtuais de artigos esportivos do Brasil.

4. Dafiti

A Dafiti tem uma das histórias mais inusitadas entre os nomes de lojas virtuais brasileiras.

A líder do e-commerce de lifestyle teve sua marca inspirada no nome do seu primeiro estagiário, Daniel Fittipaldi. 

Basicamente, os fundadores pediram que todas as sugestões de nome fosse enviadas para o e-mail do rapaz, e, como não gostaram de nenhuma, acabaram se baseando no endereço dele (algo como “danifiti”).

Por sorte, o nome remete ao “fit” de outfit e fitness — talvez eles tenham pensado nisso também. 

5. Camiseteria

A Camiseteria é uma das lojas virtuais de camisetas mais famosas do país, com um nome extremamente simples que exemplifica o bom neologismo.

Inclusive, a loja mudou recentemente seu nome para “Soupop”, pois o negócio cresceu tanto que o catálogo se expandiu para casacos, quadros, porta-retratos e outros produtos de moda e decoração.

O novo nome é inspirado na proposta de comercializar produtos feitos à mão, com técnicas sustentáveis e apelo personalizado.

90 ideias de nomes para lojas virtuais

Agora sim, chegamos às ideias de nomes para lojas virtuais que você estava esperando.

Lembrando que são apenas referências, pois você precisa de um nome exclusivo e sob medida para o seu negócio, combinado?

Vamos aos insights.  

Nomes para lojas virtuais de roupas femininas

Na hora de criar nomes para lojas virtuais de roupas femininas, você precisa levar em conta o segmento e público-alvo específico.

Afinal, existem as famosas “lojas de departamento” que oferecem moda e acessórios para todos os estilos e também as lojas de nicho, que se focam em segmentos como fitness, moda plus size e moda praia, por exemplo. 

Aqui vão algumas sugestões mais genéricas:

  • Diva’s Roupas e Acessórios
  • Bella Fit Modas
  • Top Fashion Boutique
  • Vestiti 
  • Donna Joanna
  • Look Da Vez
  • Fashion Lab 
  • Trendy Girls
  • Sintonia Shop
  • Blogueirinha Modas.

Nomes para lojas virtuais de roupas masculinas

Para as roupas masculinas, também vale segmentar pelo estilo do público.

Os homens, de modo geral, se atraem por nomes mais sóbrios que refletem a identidade masculina e fazem alusão a características como força, vigor e presença. 

Mas é claro que o tom muda completamente das lojas casuais para as lojas de roupa social, por exemplo — daí a importância de pensar muito bem no seu público

Além disso, é importante que os nomes não sejam complexos demais, para serem facilmente assimilados e lembrados (já que esse público tende a ser bastante fiel às marcas que escolhe).

Estes são exemplos para todos os gostos:

  • XY Fashion
  • L’Uomo Modas
  • Tiger Men’s Wear
  • Le Tailleur 
  • Mr. Handsome
  • Kings Fashion
  • Gangsta Street Wear
  • Bonaparte Ternos
  • Pulso Moda Masculina
  • Rock For Men.

Nomes para lojas virtuais de roupas infantis

Para as lojas virtuais de roupas infantis, os nomes podem explorar a imaginação e criatividade, brincando com o universo lúdico das crianças.

É claro que são os pais que tomam a decisão final de compra, mas as crianças têm uma poderosa influência na escolha da marca.

Por isso, você precisa de um nome que desperte a curiosidade dos pequenos e torne a experiência de compra divertida. 

Veja algumas opções:

  • Cirandinha Moda Infantil
  • Fashion for Kids
  • Lápis de Cor Store
  • Mundo Encantado 
  • Sapequinha Moda Infantil
  • Little Fashion
  • Uni duni tê Roupas Infantis
  • Look 4 Baby
  • Serelepe’s
  • K.I.D.S. 

Nomes para lojas virtuais de acessórios

As lojas virtuais de acessórios são sucesso garantido na web, e precisam chamar a atenção de primeira entre tantos concorrentes.

Nesse caso, é importante adequar o nome à faixa de preço e tipo de público, pois há diferenças consideráveis entre os segmentos de bijuterias e semijoias, por exemplo.

Via de regra, nomes mais elegantes significam peças mais caras e exclusivas, enquanto os nomes mais populares se aproximam mais do estilo fast fashion (acessórios acessíveis e produzidos em grande escala).  

Confira algumas ideias:

  • Up no Visu Acessórios
  • Presença Bijoux
  • Shining Girl 
  • A Preciosa Acessórios
  • Safira Semijoias
  • La Poderosa 
  • 1000 Looks Bijoux
  • Toque Final Acessórios
  • Mademoiselle Acessórios e Bolsas
  • Chic & Cheap Acessórios.

Nomes para lojas virtuais de perfumes

As lojas virtuais de perfumes precisam de nomes mais sofisticados, que remetam aos aromas e fragrâncias.

Nesse segmento, existem lojas mais voltadas à perfumaria de fato (nacionais e importados) e lojas que combinam cosméticos, perfumes e acessórios.

Estas são algumas referências:

  • Glamour Fragâncias
  • Belladonna
  • Confraria das Essências
  • Fina Flor Cosméticos
  • Select Perfumaria
  • Upper Beauty
  • L’Arôme
  • Eau de Parfum Cosméticos Importados
  • Temptation Essências
  • Dream Scent.

Nomes para lojas virtuais de variedades

Os nomes para lojas virtuais de variedades estão entre os mais difíceis de criar, pois não há um tema específico para seguir.

Um caminho possível é transmitir a ideia de múltiplas opções, utilizando nomes que remetem à amplitude, diversidade e versatilidade.

Também é uma boa oportunidade de utilizar nomes próprios (inclusive sobrenomes da família). 

Na dúvida, deixe sua imaginação fluir, como nestes exemplos:

  • Pangeia Shop
  • Lojas Meireles
  • 360 Store
  • Mix Plaza
  • MultiMarket
  • ON Shop
  • Hot Store
  • Planeta Shop
  • Full Cart
  • Mundo Magazine.

Nomes para lojas virtuais de artesanato

As lojas virtuais de artesanato costumam ter nomes mais pessoais e criativos, para demonstrar o apelo autoral e personalizado dos produtos.

O atalho mais fácil é colocar seu nome ou sobrenome e acrescentar um “Ateliê” ou “Artesanato”, mas você também pode utilizar metáforas e conceitos diversos.

Mais ou menos assim:

  • Ateliê Delamônica
  • Lar do Tricot
  • Pedra da Lua Artesanato
  • Vivenda da Arte
  • Patch World 
  • Jatobá Madeiras
  • Doce Sonho Artesanato
  • Roots Ateliê
  • Ponto a Ponto Moda Artesanal
  • Handmade Presentes.

Nomes para lojas virtuais de calçados

Se é de nomes para lojas virtuais de calçados que você precisa, a regra é a mesma do segmento de moda: adaptar ao público.

Há lojas mais voltadas a calçados de luxo, calçados confortáveis, calçados femininos ou masculinos, entre outras possibilidades.

Veja alguns exemplos:

  • Lux Calçados
  • Royal Shoes
  • Diamond Footwear
  • Do Alto do Salto 
  • Mezzaro Calçados
  • Pé de Moça Calçados
  • Point das Botas
  • El Scarpin
  • Look & Foot
  • Pluma Calçados.

Nomes para lojas virtuais de maquiagem

Por fim, terminamos nossa lista com ideias de nomes para lojas virtuais de maquiagem, que também trazem um forte apelo à beleza, charme e glamour.

Mais uma vez, é preciso prestar atenção ao público para direcionar a comunicação, analisando se suas clientes são mais jovens ou maduras, descoladas ou clássicas.

Veja como chamar a atenção das consumidoras:

  • Lovely Make-up
  • Bela Viola 
  • Makeup Shop
  • Hermosa Maquiagens
  • Miss Colour Maquiagem e Acessórios
  • Madame Glam Make-up
  • Amor & Cor Cosméticos
  • Frida Make-up
  • Make Box
  • Face Fashion.

Nome pronto? É hora de criar a loja virtual

Entendeu quais os caminhos para chegar ao nome da sua loja virtual?

Depois de seguir nossas dicas e se inspirar com as ideias, você não pode se esquecer de conferir a disponibilidade do nome escolhido.

Para isso, você pode fazer uma busca rápida pela marca no site do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), verificando se ela está livre para ser registrada.

Em seguida, pesquise o nome no Registro.br ou GoDaddy para ver se o domínio está disponível para o seu site. 

Se estiver tudo certo, o próximo passo é acessar a Boxloja e criar sua própria loja virtual rapidamente, em um passo a passo intuitivo e descomplicado.

Essa é a melhor forma de garantir uma plataforma de excelência para seu negócio digital, e ainda ter várias funcionalidades de marketing para promover sua marca na web.

Assim, sua loja não só terá um nome incrível, como poderá divulgá-lo internet afora — e atrair muito mais clientes. 

Experimente agora a Boxloja e comece a vender em 15 minutos.

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...