nome para loja virtual

Descubra como escolher um bom nome para loja virtual

O nome é sempre uma das primeiras questões a serem pensadas por quem pensa em criar uma loja virtual. Independentemente do segmento em que se deseja atuar, escolher um bom nome é fundamental.

Nem todo mundo possui criatividade para escolher nomes. Ainda mais nomes que atendam às exigências do empreendedor e também do público-alvo que ele pretende conquistar.

Pensando neste assunto, listamos aqui algumas dicas para que você aprenda a escolher o nome ideal para um negócio virtual. Acompanhe!

1. Não se limite ao escolher o nome para loja virtual

Evite escolher nomes que não permitam que o seu negócio seja ampliado com uma nova linha de produtos.

não se limite

Igualmente importante é evitar nomes que sejam limitado geograficamente. Casos muito comuns são o uso de nome de cidades, bairros e até mesmo estados.

Optar por um nome que fuja deste foco vai auxiliar a empresa quando desejar expandir suas fronteiras. Você estará livre para vender novos tipos de produtos, ou mesmo atuar em outros territórios.

2. Verifique os concorrentes

Antes da escolha do nome para loja virtual, vale a pena verificar a concorrência e conhecer os tipos de nomes utilizados. Avalie também o impacto que essas marcas causam aos clientes.

Fique de olho na concorrência

Nesta fase, saber os que são utilizados pelos concorrentes também evita que você adote nomes parecidos ou que façam lembrar os de outras empresas.

Assim, ao conhecer o que os concorrentes estão fazendo, é possível identificar fórmulas de sucesso e, ao mesmo tempo, criar algo totalmente inédito.

Além de chamar a atenção do cliente, trata-se de uma ação que evita problemas como processos por plágio ou uso indevido de marca, por exemplo.

3. Pense em seu público-alvo

Conhecer o perfil do público-alvo que se pretende conquistar é um passo importante no processo de escolha do nome para loja virtual. Com isso, é possível avaliar que tipo de nome poderá entrar em ressonância com o que querem as pessoas que se deseja alcançar.

Público alvo

Isso tem a ver não apenas com os interesses delas, mas também com os seus conhecimentos e perfis de consumo. Certos públicos, como os adolescentes, aceitam nomes divertidos para o negócio, enquanto outros exigem algo diferente.

Em outras palavras, é preciso saber se o nome vai combinar com o público, de modo que traçar o perfil de quem vai comprar torna-se um recurso fundamental.

4. Mantenha-o curto

Outra dica importante na hora de escolher um nome para loja virtual, está em mantê-lo sempre curto, a fim de ser facilmente soletrado, pronunciado e principalmente, lembrado por parte do público que passará a conhecê-lo.

mantenha-o curto

Buscar por nomes curtos também representa grande importância na hora de registrar um domínio para o site da empresa, visto que nomes são mais fáceis de serem digitados, além de diminuir a possibilidade de erros na digitação.

Não existe uma regra a respeito da quantidade mínima ou máxima, mas ele deve ser curto o bastante para não exigir muito esforço para ser lembrado ou digitado, mas longo o bastante para não ser confundido com siglas diversas.

5. Escolha nomes fáceis de serem lembrados

Em parte, optar por um nome para a loja virtual que seja curto tem a ver com a facilidade com a qual ele será lembrado. Porém, não adianta pensar em um que tenha poucas letras, mas que mesmo assim vai gerar dificuldades.

fácil de lembrar

Optar por palavras estrangeiras, por exemplo, pode não ser a melhor escolha, a menos que o seu público seja muito preparado para compreendê-lo e lembrá-lo facilmente.

Optar por um nome em inglês para um e-commerce que tenta atingir as classes C ou D, nesse sentido, pode trazer complicações.

Nomes muito inventivos, que usem letras e combinações pouco comuns, também não são indicados. Além disso, em se tratando de uma loja virtual, tome cuidado com o uso de acentos e símbolos diversos, como a cedilha.

Do contrário, o que era “-ção” no nome escolhido virará “-cao” no endereço virtual, tornando mais difícil a tarefa de lembrar e de digitar corretamente.

6. Verifique a disponibilidade nas redes

Antes de definir o nome do negócio, recomenda-se listar as possíveis escolhas e verificar a disponibilidade do domínio de cada nome.

registro.br

Para isto, basta acessar qualquer site que realiza o cadastro de domínios e efetuar a consulta. Alguns exemplos são o Locaweb, GoDaddy ou o Registro.br.

Nesta fase, também vale a pena testar as variações de extensões. Por exemplo: se o seu negócio vai se chamar “Móveis Azul” e o domínio moveisazul.com.br estiver disponível, recomenda-se consultar se já existem domínios como moveisazul.com ou moveisazul.net.

Nesse caso, seria inviável cadastrar o domínio, já que haveria confusão por parte dos visitantes.

Também é importante conferir nas redes sociais, já que de nada adianta surgir com um ótimo nome que, ao ser pesquisado, retornará várias outras páginas no Facebook.

7. Utilize palavras-chave

Outra dica relevante na hora de criar um nome para o negócio está na possibilidade de incluir palavras-chave junto ao nome ou até mesmo ao slogan da empresa.

Palavras-chave

Anteriormente citamos o exemplo “Móveis Azul”. Nesse caso, nota-se que já existe uma palavra-chave no próprio nome, que passa a ser “móveis”.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

Desse modo, haverá maior facilidade para os buscadores em posicionar o site da empresa para a palavra-chave “móveis”.

Vale ressaltar que esta não é uma regra. Ter uma palavra-chave junto ao nome da empresa auxiliará no posicionamento do site quando houver a busca por esta palavra.

8. Pense na associação com o e-commerce

É importante diferenciar o seu negócio para que as pessoas pensem nele como um estabelecimento virtual perfeito para as compras.

Associação com e-commerce

Essa é a uma ótima maneira de aumentar o apelo, já que assim que a pessoa vir o nome, saberá que é um lugar onde pode adquirir produtos.

É comum, por exemplo, associar o prefixo “e-” à loja. Uma loja de produtos de beleza poderia adotar o nome de “e-Beleza” para indicar que os produtos encontrados são virtuais.

Do mesmo modo, acrescentar palavras como “web”, “shop” ou “virtual” podem ser boas opções.

Esse não é um passo obrigatório, mas muitas lojas de sucesso têm usado essa fórmula. Muitas negócios são facilmente reconhecidas e lembradas dessa maneira.

9. Faça um brainstorming

Levando tudo isso em consideração, é hora de fazer um brainstorming — a famosa tempestade de ideias. Para tanto, comece a escrever todas as palavras que você acha que têm a ver com a sua loja.

Brainstorming

Escreva o máximo que puder, sem pensar ainda como elas se encaixam no nome. Inclua substantivos, adjetivos e tudo mais que puder ajudar.

Quando encerrar essa tempestade de ideias, comece a peneirar. Corte as que forem muito longas e/ou difíceis, aquelas que já são usadas por seus concorrentes e as que são excessivamente limitantes.

Com as que sobraram, comece a pensar em fazer combinações, trabalhando em cima delas. Ao final, é bem provável que você termine com uma ótima opção, capaz de transmitir aquilo que o seu negócio é de fato.

10. Tome cuidado com erros e duplos sentidos

Porém, antes de bater o martelo e decidir que é assim que a sua loja será batizada, é preciso ter cuidado para não se arrepender mais tarde.

Cuidado com erros!

Se o nome pra loja virtual for em outro idioma, garanta que não há nenhum erro de gramática e que ele significa exatamente o que você deseja. Se tiver alguma dúvida sobre o nome, mas não quiser abrir mão dele, procure um especialista na língua. Fuja de tradutores gratuitos e pergunte para quem tem certeza sobre o tema.

Mesmo que a palavra seja em português, tome cuidado para que a ortografia esteja correta ou a marca já vai começar do jeito errado no mercado.

Não se esqueça de pensar em duplos sentidos. Como os endereços da web não possuem espaços, pode ser que suas palavras juntas gerem uma terceira indesejada.

E, se você não notar previamente, é bem possível que o seu público note.

Cuide, ainda, das questões como a pronúncia e o possível uso em um logotipo, em datas comemorativas e outros elementos. Isso permitirá que a sua marca transmita sempre a mensagem certa, sem surpresas desagradáveis.

11. Seja original

Pode parecer uma dica óbvia, mas é importante que o nome escolhido seja totalmente original.

Seja original!

É isso que vai fazer com que a sua loja se destaque pelos motivos certos. Copiar um nome, certamente, não passará despercebida.

Se encontrar o nome para loja virtual estiver difícil, faça novos brainstormings. Busque inspirações em lojas de outros países e estude o seu público de maneira mais profunda.

Sobretudo, não tome o caminho mais fácil de fazer pequenas mudanças em um nome que já é conhecida. O resultado será muito diferente do que aquele que você deseja.

12. Registre a escolha

Depois de tanto trabalho, você finalmente achou o nome para loja virtual? Então chegou a hora de registrá-lo. Dessa forma, você poderá utilizá-lo sem preocupações e, ainda, impedirá que outras pessoas aproveitem o título que criou.

Registre a escolha do nome para loja virtual.

O registro é feito no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e vale por 10 anos, após o pagamento da taxa. Porém, você só poderá fazer o registro se ele for inédito! Faça uma pesquisa antes para saber se ninguém teve a mesma ideia.

Caso o nome para loja virtual já esteja registrado, volte para a fase das ideias, até encontrar um nome disponível e mantenha sua loja sempre segura!

Vale ressaltar que, nesta fase do empreendimento deve haver paciência para as pesquisas, já que o nome do negócio será algo a ser carregado por toda a existência da empresa.

Conclusão

Escolher um nome para loja virtual pode significar muito mais do que a simples facilidade de lembrá-lo. Fatores como a limitação territorial e nomes semelhantes aos de outras empresas ou domínios similares poderão representar aspectos importantes para o sucesso da empresa.

Depois de aprender a como escolher o nome para loja virtual, é preciso colocar a mão na massa. Por isso, assine a nossa newsletter e receba gratuitamente conteúdos como este no seu e-mail!

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...