Organize sua vida financeira e construa seu patrimônio

Diariamente cometemos diversos equívocos com nosso dinheiro, e isso nos deixa cada vez mais distantes de conseguirmos acumular um bom patrimônio. Muitas vezes, um pequeno descuido pode gerar uma dívida que vai durar por meses. A organização financeira é fundamental para evitar esses erros, e assim conquistar a sua independência.

Neste post, daremos 8 dicas para você controlar melhor seus recursos e até começar a pensar em viver de renda.

Acompanhe a leitura e comece agora mesmo a ter uma atitude mais positiva com o seu dinheiro!

1. Coloque sua vida financeira na ponta do lápis

Faça um balanço de todas as suas entradas e saídas de dinheiro e coloque no papel. Anote também todas as suas dívidas e possíveis premiações ou bonificações. Cada pequeno gasto deve ser anotado, pois só assim você saberá como andam suas finanças.

Você deve acompanhar semanalmente ou, até mesmo, diariamente o seu balanço financeiro. Essa mudança de atitude é fundamental para conseguir medir e projetar os seus gastos de maneira consciente e responsável. E evitar aqueles sustos ao final do mês, quando o salário acaba, mas as despesas continuam te atormentando.

2. Entenda que dinheiro não é sinônimo de ostentação

Evitar futilidades e gastos desnecessários é fundamental para conseguir acumular patrimônio e, um dia, poder optar se você quer continuar trabalhando, ou não.

Tenha em mente que ser gastador não é sinônimo de ser rico. A “riqueza”, propriamente dita, consiste em ter dinheiro em abundância — e não em viver um estilo de vida de ostentação.

Gaste sempre de maneira coerente com a sua renda, e evite que as suas despesas subam na mesma proporção que o aumento de seus rendimentos. Dessa forma você garantirá o sustento de maneira tranquila, e ainda torna possível um acúmulo de patrimônio.

3. Fuja das tendências e comportamentos de rebanho

Frequentemente aparecem novos produtos em alta e “modas” de investimentos. As pessoas são propensas a seguir essas tendências devido à influência causada pelo grande grupo. Não cometa o erro de seguir a maioria: saiba que, muitas vezes, as pessoas — e até mesmo consultores — estão errados.

O fundamental é identificar o seu perfil de investidor e traçar estratégias alinhadas ao seu estilo, assim, você estará protegendo seu dinheiro e criando suas próprias opções de investimento de acordo com seus conhecimentos e interesses pessoais.

4. Pense sua organização financeira no longo prazo

Muitos investimentos, como é o caso de ações na bolsa de valores, tendem a ter melhor rendimento no longo prazo. Além disso, é fundamental planejar a sua aposentadoria — mesmo que esse assunto ainda pareça estar num futuro longínquo.

Quanto antes você começar a investir em ações e pensar na gestão financeira para quando resolver parar de trabalhar, menor será a parcela que você terá que destinar a essas aplicações.

Evite a todo custo perder o foco nesses objetivos de longo prazo, como desviar recursos para necessidades oriundas de imediatismo — como uma viagem ou a aquisição de um bem de consumo que não teria tanta urgência.

Lembre-se que é muito difícil projetar um futuro melhor sem construir a base no presente!

5. Elimine suas dívidas o quanto antes

Você pode ter estudado tudo sobre aplicações, ter se tornado um mestre nos investimentos e ter encontrado as melhores opções para uma maior rentabilidade do seu dinheiro. Mas de nada adiantará se você não tiver quitado as suas dívidas.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

O motivo para essa afirmação é muito simples: as melhores opções de investimentos disponíveis no mercado não superam os juros cobrados sobre as dívidas, principalmente quando falamos em cartão de crédito e cheque especial.

Tomando os títulos públicos como exemplo, que oferecem um dos melhores rendimentos para renda fixa, o seu dividendo gira em torno de 1% ao mês. Enquanto que os juros no cheque especial, muitas vezes, superam os 10% mensais.

Se você ainda não sabe por onde começar a aumentar a valorização do seu dinheiro, tenha em mente que o primeiro passo é quitar todas as suas dívidas para sanar o rombo no seu orçamento.

6. Não exagere no otimismo

Manter-se sempre motivado é uma característica importante do investidor de sucesso. Mas evite o erro de confundir “motivação” com “otimismo exagerado”.

O excesso de otimismo nos leva a ter atitudes irresponsáveis com o nosso dinheiro, acreditando que tudo dará certo no final. E esse sentimento pode ser o gatilho para embarcarmos em esquemas com ofertas de lucros absurdos que acabam se transformando em prejuízos.

Evite cegar-se por convicções eufóricas. No lugar disso, analise os riscos e possíveis prejuízos que cada negócio pode lhe causar.

7. Evite as crenças limitantes com seu dinheiro

O dinheiro não deve ser adorado e muito menos odiado. Fuja da crendice popular que prega que o dinheiro é algo sujo, ou que para enriquecer é preciso ter atitudes ilícitas. Aceite naturalmente que você precisa do dinheiro e que ele é a fonte para o seu sustento e de sua família.

Outro mito estabelecido pela sociedade diz que devemos viver cada dia como se fosse o último de nossas vidas. Essa é uma afirmativa limitante, já que, vivendo dessa forma, você não pensaria no seu futuro e nas suas necessidades vindouras. Aproveite, sim, cada momento de sua vida, mas poupando conscientemente para o amanhã.

8. Invista em loja virtual

As pessoas estão cada vez mais propensas a fazer compras pela internet, e essa é uma característica natural do processo de evolução em nossos hábitos como consumidores.

Investir numa loja virtual pode ser uma boa oportunidade para garantir renda extra, além de dar a possibilidade de você trabalhar em qualquer lugar, o que não limitaria sua capacidade de gerir outros processos.

Conciliar um negócio online com diferentes aplicações pode ser uma boa forma de diversificar seus investimentos.

Tomar consciência sobre as atitudes que afetam negativamente as suas finanças e traçar um bom planejamento financeiro pessoal pode ser a chave para construir seu patrimônio e ter maior tranquilidade com o dinheiro!

Gostou desse post dando dicas para melhorar sua organização financeira? Então assine nossa newsletter e acompanhe vários outros artigos para aprender a cuidar melhor do seu dinheiro!

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...

Consultoria grátis?

Receba semanalmente as dicas dos nossos experts em comércio eletrônico.

Prometemos nunca enviar SPAM.