Saiba como garantir segurança no e-commerce brasileiro

Saiba como garantir mais segurança no comércio eletrônico brasileiro

Na hora de lançar-se no mercado online e montar uma loja virtual, a segurança é um item básico a ser pensado. Tanto para os clientes quanto para a empresa, é essencial dispor de um bom sistema de proteção para não ter problemas nem grandes perdas de dinheiro com seu e-commerce.

A cada dia, mais e mais lojas são criadas no universo virtual. Mas como se diferenciar das outras? Além de bons produtos e uma identidade visual sedutora e confiável, ter um sistema de segurança que resguarde sua clientela de fraudes eletrônicas, por exemplo, pode ser um chamariz para atrair muitos consumidores.

Quer boas dicas de como melhorar a segurança no e-commerce brasileiro? Leia aqui alguns dos pontos principais sobre o assunto!

A importância da segurança no e-commerce brasileiro

Ter um e-commerce seguro significa menos recursos dissipados sem controle e uma ampla geração de confiança no cliente. Sabendo que não cairá em golpes, por exemplo, ele estará mais tranquilo para fazer compras em seu site, e com muito mais frequência. Como a oferta de produtos online é grande, caso seu e-commerce não garanta tal tranquilidade para o consumidor, provavelmente ele procurará outra loja mais confiável.

É válido lembrar a segurança como um aspecto que protege também o empreendedor. Isso porque a maior proteção assegura o recebimento de dinheiro das compras feitas na loja.

Um site seguro, em que o trâmite da compra se efetue de maneira rápida e eficaz, pode, além de fidelizar clientes, garantir indicações que tragam nova leva de consumidores. Por isso, preste muita atenção neste quesito de sua loja virtual!

Garantir a segurança no varejo online

Está clara a importância da segurança no comércio virtual, mas como garanti-la? Há algumas dicas que podem ajudar a administrar melhor seu site:

Hospedagem

Obviamente, a hospedagem é uma peça-chave na hora de conseguir uma empresa online segura. Dependendo do tipo de serviço que contrata, o site pode ficar fora do ar ou com problemas de navegação, por exemplo. Em especial nas hospedagens compartilhadas, por terem várias páginas abrigadas em um mesmo servidor, o site se apresenta mais suscetível a aqueles tipos de acontecimentos.

Plataforma

A plataforma usada pelo site também influencia na segurança. Hoje em dia, os melhores sistemas são aqueles que armazenam 100% dos dados na nuvem (cloud computing), pois são de extrema segurança.

Outra boa opção é buscar datacenters que sigam os padrões internacionais de segurança, o que vai melhorar a credibilidade e a confiança do cliente em sua loja virtual.

Inteligência estatística

A inteligência estatística é extremamente importante para a segurança de seu site. Seja por um funcionário direto ou empresa especializada, é importante manter alguém que revise as compras realizadas em seu comércio. Quem for encarregado dessa função deve contatar clientes que tenham compras suspeitas, ou seja, que pareçam fraudes.

Confirme os dados recebidos e só então complete as compras, para que não haja eventuais golpes.

Dados do cliente

No sistema de sua loja, é fundamental prestar atenção redobrada nos dados de quem está comprando. Faça questão de garantir o sigilo dessas informações, bem como das informações de seu cartão de débito ou crédito (caso aceite a forma de pagamento em seu e-commerce) — e de outros dados financeiros.

Para que isso seja possível, a tecnologia mais utilizada é a SSL (também conhecida como Certificado Digital), que precisa de uma conexão segura do servidor do site para completar a venda e depois as criptografa.

O protocolo HTTPS também oferece uma forma de navegação segura para os clientes de seu site, corroborando-se como imprescindível para evitar fraudes.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

Selos de segurança

Os selos de segurança são fundamentais para garantir a segurabilidade de seu site. Desde o protocolo SSL até a ferramenta WAF, há várias formas de blindar uma página de ataques de malwares.

Certificado SSL

É um item básico, caso o seu site precise coletar informações pessoais de seus clientes. Este certificado garante o sigilo desses dados, uma vez que apenas o servidor do site é capaz de acessá-las. Na internet, páginas com este certificado são sinalizadas pelo símbolo de cadeado que aparece antes do endereço eletrônico.

Existem algumas formas distintas de SSL, e a escolha dele deve ser feita por meio de uma boa pesquisa. Por exemplo, o SSL simples é dedicado a quem deseja criptografar os dados inseridos no site. Já o SSL EV, além desse serviço, valida as informações de uma empresa, como CNPJ e seu endereço. Por sua vez, ainda existe o SSL Wildcard, que é comumente usado por varejos com mais de um domínio eletrônico, já que permite justamente a inclusão de novos subdomínios sem custo adicional.

Web Application Firewal

O Web Application Firewal, também conhecido pela sigla WAF, é um sistema que proporciona uma segurança maior para o cliente. Complementar ao SSF, age de maneira ativa no site. Isto é, ele ativamente procura por ameaças e eventuais debilidades de uma página, e atua bloqueando essas atividades a fim de impedir que o site seja invadido.

O custo dos WAF não costuma ser baixo, mas seus serviços garantem grande segurança para a sua página. Esses sistemas são contratados através de empresas especializadas em blindagem de sites.

Evitar instalar plugins ou códigos de terceiros

Um plugin consiste em um programa de computador empregado para adicionar funções a softwares maiores. Ao aproveitar plugins ou códigos de terceiros, sem conhecer a procedência ou origem dos componentes, isso poderá afetar negativamente os sistemas e programas que estão instalados no computador dos usuários de sua loja virtual.

Vale alertar para o fato de que certos códigos (desconhecidos) podem justamente abrir o computador da pessoa para a invasão de hackers ou contaminação por vírus.

Tomar cuidado com a senha de administrador da loja

Não use uma senha muito fácil de memorizar ou descobrir, nem a deixe anotada em algum local de fácil acesso a colaboradores diretos ou pessoal não autorizado de seu e-commerce. Quem conseguir o acesso como administrador da loja será capaz de mudar amplamente as configurações e detalhes do e-commerce, podendo estragar em minutos o que você pode ter levado meses para conquistar.

Fique atento a ações de engenharia social

O termo “engenharia social” se refere à manipulação psicológica de outras pessoas, com o objetivo de que executem ações ou divulguem dados confidenciais. É o caso quando você recebe mensagem de uma loja virtual, solicitando a execução do aplicativo anexado ao texto enviado. Ou quando você recebe e-mail em cujo texto há o pedido para instalar alguma ferramenta ou aplicativo.

É importante manter-se atento para casos que eventualmente envolvam o nome de sua empresa, e tomar as medidas necessárias para proteger seus sistemas e conservar a segurança dos clientes da loja virtual.

O sucesso de uma eventual invasão ao computador do usuário depende exclusivamente de sua decisão de seguir as instruções recebidas por mensagem, mas a confiança que a pessoa tem no seu e-commerce pesa na balança e pode ficar abalada, caso as providências cabíveis não sejam tomadas.

A segurança é um aspecto vital para o sucesso de sua empresa online. Ela dá garantias tanto para o dono do e-commerce como para seus clientes. Invista em um sistema inteligente e que vá aumentar seus lucros.

Gostou do texto? Deixe um comentário contando quais estratégias de segurança você usa em seu site!

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...

Consultoria grátis?

Receba semanalmente as dicas dos nossos experts em comércio eletrônico.

Prometemos nunca enviar SPAM.