Saiba como melhorar o design da sua loja virtual

Saiba como melhorar o design da sua loja virtual

Imagine a seguinte cena: você está andando e passa por uma bela vitrine, que chama a sua atenção imediatamente. Após alguns minutos a admirando, você resolve entrar para conhecer a loja e acaba comprando alguma coisa. Certamente, em algum momento da sua vida, isso já aconteceu.

Devemos ressaltar que essas situações são comuns para o consumidor porque somos seres extremamente visuais. Logo, assim como a vitrine de uma loja física, o design de uma loja virtual pode ser encarado como uma potente ferramenta de vendas.

Existem diversos fatores que podem ser feitos para melhorar o design de uma loja virtual e, consequentemente, atrair mais clientes. Mas não se preocupe! Vamos te ensinar como fazer isso com algumas dicas simples. Confira abaixo!

1. Tenha um design responsivo

Com a tecnologia cada vez mais presente em nossas vidas, não é de se admirar que boa parte dos acessos de uma loja virtual vem de dispositivos móveis. Isso significa que, se o seu site não é responsivo, a experiência de compra do usuário torna-se muito negativa.

Portanto, o primeiro passo para garantir um bom design é apostar em plataformas de e-commerce que sejam responsivas.

2. Tome cuidado ao escolher os banners

Banners são as vitrines de sua loja virtual. Quando o consumidor acessa seu site, o banner é uma das primeiras coisas que ele vê. Por isso, é preciso tomar cuidado ao escolher os que vão compor o visual da loja: não exagere na quantidade e preze pela qualidade.

Nada de imagens em baixa definição, feitas de qualquer jeito, ok? Se você não tiver afinidade com a área de criação, peça a ajuda de um profissional.

3. Utilize imagens atrativas

Além dos banners, você também deve tomar cuidado com as imagens de seus produtos. Como os clientes não podem tocar as mercadorias, as fotografias são fundamentais para a conversão e acabam fazendo “papel de vendedores”.

Para garantir bons resultados, invista em fotos profissionais (se não quiser gastar com isso, existem diversos tutoriais na internet que ensinam a tirar boas fotografias). Não se esqueça de cadastrar fotos com os vários ângulos do produto e disponibilizar a opção de zoom, para que o usuário consiga visualizar todos os detalhes do item.

Obviamente, o cliente precisará de informações que não podem ser inseridas nas fotografias. Nesse sentido, as descrições dos produtos são tão importantes quanto as imagens e devem receber a mesma atenção.

Apresente ao consumidor todos os detalhes mais técnicos do item, como tamanho, material, marca etc. Lembre-se de que cada texto deve ser exclusivo, pois conteúdos duplicados são penalizados pelo Google e influenciarão no ranqueamento da loja de forma negativa.

4. Facilite o processo de checkout da loja virtual

Ninguém gosta de perder tempo preenchendo informações que considera irrelevantes. Para garantir que o cliente não abandone o carrinho e para obter um design ainda melhor, elimine todos os campos desnecessários do checkout.

Apenas pergunte ao usuário coisas extremamente importantes, como CPF, telefone etc. Além disso, também é interessante oferecer diversas opções de pagamento no fechamento da compra: boleto, cartão, transferência bancária, entre outros métodos.

5. Invista na página inicial

A home de sua loja virtual segue o mesmo conceito da vitrine de uma loja física. A página inicial é o cartão de visita do site e deve estar sempre impecável. Para isso, além de cadastrar banners e imagens de qualidade, destaque seus melhores produtos, elimine informações desnecessárias e verifique se não há nenhum link quebrado.

Que tal colocar essas dicas em prática na sua própria loja virtual?

Esses detalhes induzirão o cliente a navegar nas páginas internas do seu site por mais tempo.

6. Utilize os botões corretos

Existem dois tipos de botões que são essenciais em lojas virtuais: o botão “comprar” e o “adicionar ao carrinho”. Se o seu site possui apenas a opção comprar, você tem um problema sério. Isso porque a opção de adicionar ao carrinho permite que o cliente continue navegando em sua loja virtual, sem que seja interrompido e levado à página de checkout.

Além de utilizar os botões com as chamadas corretas, também é preciso usar cores que chamem a atenção do usuário e despertem seu desejo de clicar. A cor verde é muito utilizada em diversas lojas virtuais, mas não é a única possível.

Uma dica legal, para escolher a cor mais adequada para seu negócio, é ler sobre a psicologia das cores no e-commerce e decidir o tom dos botões a partir disso.

7. Tenha um site intuitivo

Seus clientes devem encontrar tudo o que precisam em seu site de maneira rápida e fácil, sem a ajuda de ninguém. Se a loja virtual não for intuitiva, o usuário ficará irritado e a chance dele retornar será mínima.

Portanto, deixe seu layout bem estruturado: organize seus produtos em categorias e destaque os botões de ação. Dessa forma, o consumidor saberá exatamente onde clicar para comprar o que deseja.

8. Possua um mecanismo de busca funcional

Você já entrou em uma loja virtual, tentou utilizar o campo de buscas e ele não encontrou o que você procurava? Pois bem, esse é um problema comum em alguns sites e faz com que muitos clientes desistam da compra.

Mas não se preocupe! Dependendo da plataforma que você utiliza, existem algumas ferramentas desenvolvidas especialmente para auxiliar os lojistas na resolução desse problema.

9. Faça testes A/B

O universo online está em constante evolução. Isso quer dizer que o que funcionava ano passado, pode não funcionar tão bem neste ano. Além de melhorar e inovar o design da loja virtual constantemente, faça testes A/B para saber qual é a abordagem mais eficaz para o seu tipo de público.

Teste as cores, banners, tipo de linguagem e até os nomes das categorias. Só assim você saberá qual caminho trará mais resultados.

Como você pôde observar, existem diversas maneiras de melhorar o design de sua loja virtual, sem gastar muito com isso. Ao colocar dicas simples como essas em prática, você pode aumentar o número de visualizações do site e até melhorar sua taxa de conversão.

E você, já testou alguma dessas dicas em sua loja virtual ou tem outras sugestões para compartilhar? Conte pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

Envie este artigo para um amigo...

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Achamos que você vai se interessar também...

Consultoria grátis?

Receba semanalmente as dicas dos nossos experts em comércio eletrônico.

Prometemos nunca enviar SPAM.